Um mês após FAB interceptar aeronave, PF encontra 60 kg de cocaína
  • piramide

Correio do Pantanal

27 jun 2018 às 10:17 hs
Um mês após FAB interceptar aeronave, PF encontra 60 kg de cocaína

Avião foi retirado da lagoa onde fez pouso de emergência

Edição MS

Cerca de 60 kg de cocaína foram encontrados no avião interceptado pela FAB (Força Aérea Brasileira), em Corumbá, no dia 25 de abril. Nesta segunda-feira (26), equipes da Polícia Federal e Exército retiraram a aeronave da Lagoa Uberaba, onde havia feito pouso forçado, e descobriram a carga de droga.

A retirada da lagoa foi feita para que a aeronave seja periciada, o que deve ajudar nas investigações sobre o grupo criminoso especializado no tráfico de drogas.

O avião, que vinha da Bolívia, não tinha plano de voo e estava com matrícula falsa. No dia em que fez o pouso forçado, a PF já havia apreendido 500 kg de pasta base na aeronave.

A ação

O avião interceptado pela FAB em Corumbá, no Pantanal sul-mato-grossense, estava carregado com 500 quilos de pasta base de cocaína.

Segundo a Força Aérea Brasileira, o piloto do avião não tinha um plano de voo e foi interceptado depois de desobedecer a ordem de mudança de rota. Os militares dispararam um tiro de aviso e mesmo assim a aeronave não obedeceu. Então, fizeram um tiro de detenção como última medida para barrar a aeronave, que acabou fazendo um pouso forçado no lago que fica na área do Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense.

Em seguida foi feita a apreensão da cocaína. Uma equipe de militares de busca e salvamento e até um helicóptero H-60 Black Hawk foram enviados até o local. Três aeronaves A-29 e um avião-radar E-99 participaram da interceptação.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.