Suspensão do Parlamento britânico é “ilegal”, declara tribunal escocês
  • Projetando

Correio do Pantanal

11 set 2019 às 05:29 hs
Suspensão do Parlamento britânico é “ilegal”, declara tribunal escocês

Suspensão do Parlamento britânico é “ilegal”, declara tribunal escocês

A suspensão do Parlamento britânico durante cinco semanas decretada pelo primeiro-ministro Boris Johnson foi considerada ilegal pelos juízes da mais alta instância judicial da Escócia.

Boris Johnson suspendeu o Parlamento durante cinco semanas© Parliament TV via REUTERS

Helena Tecedeiro DN

Oprincipal tribunal de recurso civil da Escócia decretou que a decisão do primeiro-ministro Boris Johnson de suspender o Parlamento britânico durante cinco semanas é ilegal.

“Um grande obrigada aos nossos apoiantes e à nossa fantástica equipa legal que conseguiram a decisão que a suspensão é ilegal”, reagiu no Twitter a deputada Joana Cherry, do Partido Nacionalista Escocês.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: