Três são presos por envolvimento no assassinato da jovem de 17 anos em MS
  • piramide

Correio do Pantanal

5 set 2019 às 14:40 hs
Três são presos por envolvimento no assassinato da jovem de 17 anos em MS

Polícia procura por mais duas pessoas. As investigações apontam que Danielle Pereira Magalhães foi morta por conta de um desentendimento entre duas facções rivais.

Por G1 MS e TV Morena

Danielle Pereira Magalhães, de 17 anos, encontra morta em MS  — Foto: TV Morena/Reprodução

Danielle Pereira Magalhães, de 17 anos, encontra morta em MS — Foto: TV Morena/Reprodução

A polícia prendeu dois homens nesta quarta-feira (4) em Corumbá, região do Pantanal, um deles, de acordo com as investigações, está envolvido diretamente no assassinato de Danielle Pereira Magalhães, de 17 anos, encontrada morta na segunda-feira (2).

Sebastião dos Santos Avelar, de 23 anos, foi detido no centro da cidade. Segundo a polícia, o celular de Danielle foi encontrado com ele, que confessou participação na execução da jovem. Um homem que acompanhava Sebastião também foi preso, ele teria o abrigado após o assassinato.

Segundo a polícia, 5 pessoas estão envolvidas na morte da jovem, 3 delas foram presas e outras 2 estão sendo procuradas. As investigações apontam que Danielle foi morta por conta de um desentendimento entre duas facções rivais.

O caso

A família de Danielle disse que a jovem foi vista pela última vez no momento em que entrava em um carro, no dia 29 de agosto.

“Mãe trabalhando, pai trabalhando, e ela ficou em casa; uma mulher chamou ela, aí ela falou que ia na praça, entrou no carro e saiu, um carro preto” disse a bisavó da jovem, Maria Silva Pereira.

A jovem foi encontrada morta em um possível esconderijo de motocicletas furtadas e roubadas, com ferimentos de arma de fogo, perfuração e cortes. Os parentes registraram o desaparecimento na polícia e o caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Corumbá.

De acordo com a polícia, ao chegarem no local, os policiais fizeram buscas e e sentiram o odor do corpo nas proximidades. Foram encontrados um par de chinelos, duas garrafas e manchas de sangue onde o cadáver foi encontrado.

Segundo a ocorrência, no corpo havia indícios de um possível esgorjamento, com subdivisões das partes moles da região da frente do pescoço, e perfurações de projétil nas costas e no braço da vítima. Moradores identificaram a mulher, e informaram aos policiais que se tratava de Danielle.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.