Três rapazes condenados por torturarem colega até a morte

Correio do Pantanal

5 set 2021 às 20:19 hs
Três rapazes condenados por torturarem colega até a morte
Local do crime, perto de Helsínquia
Local do crime, perto de HelsínquiaFoto: AFP

JN/AgênciasOntem às 09:23

Um tribunal finlandês condenou três adolescentes a penas de oito a 10 anos de prisão por terem torturado e espancado até à morte um colega de 16 anos. O crime, em dezembro de 2020, horrorizou o país.

A vítima, que vivia num lar de acolhimento, foi assediada durante meses e morreu “de forma sádica” com lesões cerebrais e uma perfuração do pulmão. O assassinato ocorreu num parque de Koskela, a norte da capital Helsínquia.

Os três condenados, que conheciam a vítima desde o jardim-de-infância, declararam-se inocentes do assassinato, no entanto o tribunal confirmou que agiram em coordenação, com mais de 100 lesões infligidas no corpo da vítima, “de forma especialmente brutal e cruel”.

Segundo dados oficiais, quase um em cada dois jovens entre 14 e 16 anos em internatos na Finlândia sofreu recentemente agressões e ameaças de violência.Partilhe e

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.