Tigres matam cuidador, fogem de zoológico e causam medo em cidade da Indonésia

Correio do Pantanal

6 fev 2021 às 23:33 hs
Tigres matam cuidador, fogem de zoológico e causam medo em cidade da Indonésia

Há 5 horas

Imagem de arquivo de um tigre-de-sumatra
Legenda da foto,A população de tigres-de-sumatra, em alto risco de extinção, hoje se resume a apenas 400 indivíduos na natureza

Um cuidador foi morto por dois tigres-de-sumatra que escaparam de um zoológico na ilha de Bornéu, na Indonésia.

As tigresas, ambas com cerca de 18 meses, escaparam do zoológico de Sinka depois que uma forte chuva causou um deslizamento de terra no local. O ambiente dos tigres foi danificado, possibilitando a fuga dos animais.

Neste sábado, um dos animais foi capturado após ser atingido por um dardo tranquilizante. Mas o outro tigre acabou sendo morto a tiros depois de “se comportar de forma agressiva”. Segundo autoridades locais, as tentativas de tranquilizá-lo falharam.

O tratador de 47 anos foi encontrado morto perto do recinto dos tigres depois que os animais escaparam na noite de sexta-feira. Ele tinha feridas de mordidas e arranhões no corpo, informou a agência de notícias AFP.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.