Teste anal obrigatório para quem chegue a Pequim e Tsingtao

Correio do Pantanal

29 jan 2021 às 20:58 hs
Teste anal obrigatório para quem chegue a Pequim e Tsingtao

As cidades chinesas de Pequim e Tsingtao estão a exigir provas anais de covid-19 às pessoas que cheguem do estrangeiro, noticia esta sexta-feira a imprensa oficial da República Popular da China.

Teste anal obrigatório para quem chegue a Pequim e Tsingtao

Lusa29 Janeiro 2021 — 12:11

De acordo com o diário estatal Global Times, a capital do país e a cidade de Tsingtao, da província de Xantum, estão a exigir este novo método de prova como parte dos requisitos de quarentena para quem chega do estrangeiro.

Os testes, segundo especialistas citados pelos órgãos de comunicação social locais, são mais eficazes do que outros usados até ao momento como amostras através do nariz (a mais comum das provas PCR), saliva ou sangue.

As provas anais já foram praticadas em Xangai, em 2020, como um dos métodos padrão para autorizar as altas hospitalares aos doentes de covid-19, mas foram mais tarde abandonadas.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.