Ex-oficial de Saddam Hussein é o novo líder do Estado Islâmico
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

29 out 2019 às 07:42 hs
Ex-oficial de Saddam Hussein é o novo líder do Estado Islâmico

Ex-oficial de Saddam Hussein é o novo líder do Estado Islâmico

Chefe morto, chefe posto. No mesmo dia em que foi anunciada a morte de Abu Bakr al-Baghdadi o Estado Islâmico proclamou um novo líder do grupo terrorista.

O novo líder do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), Abdullah Qardash, é o confidente de Abu Bakr al-Baghdadi, que se suicidou quando se sentiu encurralado por uma missão das forças especiais norte-americanas, no noroeste da Síria, no sábado.TRUMP DIVULGA FOTO DO CÃO “QUE CAPTUROU E MATOU” LÍDER DO ESTADO ISLÂMICOVER MAIS

O Amaq, a revista da propaganda do Estado Islâmico, anunciou que Qardash foi indigitado para reconstruir a organização terrorista, sendo previsível uma onda de atentados, onde quer que o grupo tenha ainda forças para os executar.

Abdullah Qardash, que também usa o nome “Hjji Abdullah al-Afari”, é um ex-oficial do exército iraquiano, que serviu às ordens do ditador Saddam Hussein, revela a revista norte-americana “Newsweek”.

Conhecido como “O Professor”, pelo trabalho como legislador das políticas do Estado Islâmico, tinha sido apresentado por Baghdadi, em agosto, como o líder desejado para o grupo terrorista, tendo assumido, então, as funções de responsável operacional.

Segundo a imprensa anglo-saxónica, Qardash é conhecido por ser cruel, mas uma figura muito popular entre as fileiras do EI.

Uma fonte dos serviços secretos na região do Médio Oriente citado pela “Newsweek” disse duvidar que Baghdadi ainda estivesse a comandar o EI, acreditando que o líder morto no sábado apenas diria sim ou não às operações. O planeamento dos ataques estaria a cargo de Qardash desde 2017, quando Baghdadi ficou gravemente ferido num ataque dos EUA.CORPO DO LÍDER DO ESTADO ISLÂMICO FOI SEPULTADO NO MARVER MAIS

Qardash e Baghdadi conheceram-se em 2003, quando ambos foram detidos pelos EUA, em Bassorá, suspeitos de ligações à al-Qaeda, a organização terrorista fundada por Osama bin Laden, da qual nasceu o EI.SAIBA COMO FOI A OPERAÇÃO QUE MATOU BIN LADENVER MAISPartilhe este artigo no FacebookPartilhas50

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: