Suspeito de tráfico de drogas resiste à prisão, mas é preso pela Força Tática no Mendes Mourão

Correio do Pantanal

13 jan 2023 às 04:24 hs
Suspeito de tráfico de drogas resiste à prisão, mas é preso pela Força Tática no Mendes Mourão

 0

Foto: Coxim Agora

Frequentemente a Força Tática da Polícia Militar faz diversas prisões por toda Coxim, que apesar de ser uma cidade interiorana, possui uma grande quantidade de ocorrências de tráfico de drogas.

Notícias Relacionadas

No final da tarde desta quarta-feira (11) os militares fizeram a prisão de A.B.O., de 59 anos, suspeito de tráfico de drogas, que acabou resistindo a prisão em sua casa na rua Miranda Reis no bairro Mendes Mourão.

Informações obtidas pela nossa reportagem são de que os militares estavam realizando rondas pela região quando teriam visto o suspeito passar um possível invólucro de drogas a um elemento, e este lhe dado certa quantia em dinheiro.

Quando percebeu a aproximação da polícia, o elemento que havia pegado o invólucro fugiu embrenhando numa mata, já o suspeito permaneceu no local, durante revista, os policiais encontraram três trouxinhas da pasta base de cocaína no bolso de seu short.

Com a autorização do suspeito, os militares realizaram buscas no interior de sua residência, num determinando momento, ele se abaixou, pegou um pote que estava próximo ao carrinho de bebê de seu filho e passou a agredir com socos e ponta pés a equipe policial, resistindo à prisão e tentando fugir.

Sendo necessário o uso da força para contê-lo e algemá-lo, o que acabou resultando em ferimentos superficiais devido à sua resistência.

PUBLICIDADE

Ainda durante as buscas, os policiais encontraram dentro do pote 12 paradinhas de pasta base de cocaína e na casa a quantia de R$305,90 em dinheiro.

O suspeito foi levado ao Hospital Regional Álvaro Fontoura Silva para receber os primeiros socorros e depois foi conduzido para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim, juntamente com a droga.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.