Assassino em série de homossexuais foi executado na Florida
  • Projetando

Correio do Pantanal

23 ago 2019 às 06:36 hs
Assassino em série de homossexuais foi executado na Florida
Gary Bowles foi o 13.º preso a ser executado este ano nos EUAFoto: REUTERS/Deparamento Prisional da Florida

O estado da Florida, no sudeste dos Estados Unidos, executou na quinta-feira um assassino em série, o 13.º condenado a receber a injeção letal no país este ano.

DN

Gary Ray Bowles foi condenado à pena capital em novembro de 1994, em Jacksonville Beach (Florida), após o homicídio de Walter Hinton, o último dos seis crimes sobre homossexuais que cometeu em três estados da costa leste, em oito meses.

Na quarta-feira, no Texas, um outro recluso foi executado pelo sequestro, violação e homicídio de uma estudante em Houston. Larry Swearingen, de 48 anos, recebeu uma injeção letal na prisão estadual de Huntsville pela morte de Melissa Trotter, de 19 anos, em dezembro de 1998.

Swearingen, que sempre se afirmou inocente, foi o quarto indivíduo a ser executado no Texas, o estado norte-americano com mais condenados à pena capital.

Mais 11 execuções estão agendadas para este ano só no Texas.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: