Rainha Elizabeth e príncipe Philip nunca fizeram comentários racistas, diz Oprah, após pedido de Harry

Correio do Pantanal

8 mar 2021 às 20:25 hs
Rainha Elizabeth e príncipe Philip nunca fizeram comentários racistas, diz Oprah, após pedido de Harry

Duque de Sussex pediu que Oprah Winfrey esclarecesse questão após dizer, em entrevista, que membros da família real questionaram o ‘quão escura’ seria pele de seu filho com Meghan Markle. Ele afirmou que jamais dirá quem foram autores dos comentários.

Por G1

08/03/2021 16h07  Atualizado há 3 horas


Príncipe Harry e Meghan Markle em entrevista à Oprah Winfrey — Foto: Joe Pugliese/Harpo Productions via AP

Príncipe Harry e Meghan Markle em entrevista à Oprah Winfrey — Foto: Joe Pugliese/Harpo Productions via APhttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

rainha Elizabeth II e seu marido, o príncipe Philip, nunca fizeram qualquer tipo de comentário ou questionamento sobre o tom de pele de Archie, o filho do príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, fez questão de esclarecer o duque de Sussex, após a revelação de que membros da família real demonstraram racismo pelo fato de sua mulher ser afro-americana.

Durante uma entrevista do casal à apresentadora Oprah Winfrey exibida no domingo nos EUA, pela emissora CBS, eles disseram que jamais diriam quem fez os questionamentos, mas que houve a preocupação na família sobre ‘quão escura’ seria a pele do bebê.

Harry, porém, pediu à Winfrey que esclarecesse que nenhum comentário do tipo partiu de seus avós. Ainda durante a mesma entrevista, Meghan disse que a rainha Elizabeth II sempre foi “maravilhosa” com ela.

Harry, Archie e Meghan agora vivem nos Estados Unidos — Foto: PA/BBC

Harry, Archie e Meghan agora vivem nos Estados Unidos — Foto: PA/BBChttps://d76d771ea4e3b73e96c6e19daf056e5b.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O casal, que agora espera seu segundo filho, uma menina, rompeu totalmente os laços profissionais com a família real em fevereiro, e irá devolver todos os títulos e benefícios ligados aos cargos que ocupavam.

Na entrevista exibida no domingo, eles revelaram os motivos pelos quais se afastaram e decidiram viver nos Estados Unidos. Meghan disse que chegou a pensar em suicídio enquanto ainda vivia no Reino Unido e Harry se revelou muito decepcionado com o pai, o príncipe Charles, que durante um período sequer atendia seus telefonemas. Hoje em dia os dois voltaram a se falar.

Meghan disse ainda que sua cunhada, Kate, a fez chorar em uma ocasião, e que teve um pedido de ajuda psicológica recusado. “Eu simplesmente não queria mais estar viva”, afirmou.

Harry, por sua vez, acrescentou que nenhum membro da família real protestou contra as reportagens racistas sobre Meghan.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.