R$ 29 milhões: Apreensão recorde de maconha valia o bastante para comprar 617 carros populares

Correio do Pantanal

9 fev 2021 às 21:05 hs
R$ 29 milhões: Apreensão recorde de maconha valia o bastante para comprar 617 carros populares

Droga retirada de circulação pela PRF está avaliada em R$ 29,2 milhões

Renan Nucci Em 15h29 – 09/02/2021

Fardos de maconha estavam escondidos em meio a carga de milho. Foto: Sidnei Bronka

As 29,2 toneladas de maconha apreendidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na manhã desta segunda-feira (28), na rodovia BR-267, região de Rio Brilhante, estão avaliadas em R$ 29,2 milhões. Com este valor, seria possível comprar aproximadamente 617 carros como o Volskwagen Gol.

De acordo com o Renavam (Registro Nacional de Veículos), o Gol, um dos veículos mais populares entre os brasileiros, esteve na lista dos cinco mais vendidos do país no ano passado. O modelo mais básico ano 2021, zero quilômetro, custa em torno de R$ 47 mil.

Com base em tais números, seria possível comprar 617 Gols com o carregamento apreendido. Isso reflete o poder aquisitivo de traficantes que atuam na fronteira com o Paraguai, responsáveis pelo transporte do entorpecente que entra no Brasil via Mato Grosso do Sul.LEIA TAMBÉM:

Apreensão

Conforme já noticiado, o total de droga apreendido representa novo recorde da PRF e é 1,2 tonelada maior do que o anterior, registrado em maio do ano passado, quando houve a apreensão de 28 toneladas em Iguatemi.

Em nota divulgada à imprensa, os policiais relataram que a ação foi baseada em informações de inteligência. A equipe apurava um carregamento que passaria pela região de Rio Brilhante escondido em meio a milho à granel, com nota fiscal. A nota tinha como objetivo legitimar o produto transportado sem levantar suspeita por parte dos agentes de fiscalização.

No entanto, durante a abordagem, a PRF constatou haver vários fardos de maconha encobertos sob o milho. O veículo foi levado para uma empresa cerealista com estrutura para descarga e pesagem. Lá, foi retirado o milho e foram contabilizados os fardos que pesaram 29.270 quilos.

O motorista foi preso e disse que ganharia como forma de pagamento a carreta bitrem usada no transport

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.