Quilombolas e idosos com mais de 65 anos podem ser os próximos a receberem a vacina contra Covid-19 em MS

Correio do Pantanal

20 mar 2021 às 20:51 hs
Quilombolas e idosos com mais de 65 anos podem ser os próximos a receberem a vacina contra Covid-19 em MS

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o calendário de imunização pode ser ampliado conforme o avanço da vacinação em cada uma das 79 cidades de Mato Grosso do Sul.

Por José Câmara, G1 MS

20/03/2021 20h16  Atualizado há uma hora


Doses da vacina Coronavac e da AstraZeneca/Oxford, que MS já recebeu  — Foto: Carla Salentim/TV Morena

Doses da vacina Coronavac e da AstraZeneca/Oxford, que MS já recebeu — Foto: Carla Salentim/TV Morenahttps://a856929c30b21c6cfb028bcdd30e8de1.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?v=1-0-38

O secretário estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, informou que quilombolas e idosos com mais de 65 anos poderão ser incluídos nos grupos de pessoas a serem imunizadas contra a Covid-19 no estado.

Resende explicou que a vacinação destes novos grupos dependerá do avanço da aplicação do imunizante em cada um dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

“Aquelas cidades que terminaram de vacinar idosos com mais de 75 anos, pode começar em pessoas com mais de 70 anos. Os municípios que finalizaram a imunização de idosos com mais de 70 anos, poderão iniciar a partir da semana que vem, a vacinação de idosos com mais de 65 anos”, explicou Resende.

O secretário também frisou que pessoas com Síndrome de Down com mais de 18 anos, também serão incluídos no plano de vacinação de Mato Grosso do Sul. Além dos grupos destacados, o chefe da saúde estadual, destacou que idosos com comorbidades, categorizadas como doenças graves, terão o direito à imunização contra a Covid-19.

“Idosos com mais de 60 anos e que são portadores de doenças oncológicas, pulmonares, cardíacas e que fizeram transplantes também poderão se vacinar”, disse Resende.

O secretário esclareceu que a imunização desses novos grupos devem ser divulgadas por cada município de Mato Grosso do Sul, assim ampliando os calendários de imunização gradativamente.https://a856929c30b21c6cfb028bcdd30e8de1.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?v=1-0-38

A ampliação da vacinação no estado foi possível, após a chegada da nona remessa dos imunobiológicos contra o novo coronavírus. Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta nova remessa são 47.400 doses de Coronavac e mais 1.250 doses de AstraZeneca/Oxford.

Com isso, o estado já soma 420.310 doses recebidas entre Coronavac e AstraZeneca/Oxford. Segundo o painel vacinômetro, 177.809 pessoas já tinham sido vacinadas até a manhã de sábado.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: