Proposta prevê a implantação de controle de natalidade canina e felina em Coxim

Correio do Pantanal

27 fev 2021 às 20:06 hs
Proposta prevê a implantação de controle de natalidade canina e felina em Coxim

Página Inicial

26/02/2021 – 11:24

Na manhã desta sexta-feira (26), foi realizada uma primeira reunião com autoridades municipais e grupos de apoio a animais domésticos de Coxim, para que seja instituído em Coxim, através do controle de zoonoses um controle de natalidade canina e felina no município.

A reunião contou com a participação de representantes dos projetos Adote um Bichin Coxim e Cãopanheiras, ambos que já tem um histórico de trabalhos prestados na cidade de forma voluntária, no cuidado com animais domésticos.

De interesse da saúde pública, o controle de natalidade visa a superlotação de animais principalmente os de rua, bem como atender aquelas pessoas que pretendem castrar seu animal de estimação e não tem recursos para fazer o procedimento. 

Foram apresentadas três propostas para realizar o procedimento de castração nos animais, a aquisição de um castra móvel com centro cirúrgico no veículo, a terceirização do serviço e a adequação e reforma do centro de zoonoses do município de Coxim. Sendo de consenso a última opção.

A princípio, conforme apontado na reunião, o custo para adequação gira em torno de R$200 mil reais, com aquisição de equipamentos, insumos, medicamentos e adaptação do centro de zoonoses, para o atendimento de 100 animais por mês. Implantado o serviço haverá uma parceria com os projetos Adote um Bichin Coxim, Cãopanheiras e outros parceiros para estabelecer regulamentação e fixação de critérios para absorver a demanda.

Para dar continuidade a proposta, será feita uma apresentação na sessão na câmara pelos vereadores, para despertar o poder executivo e que este faça um estudo financeiro para viabilidade. Uma nova reunião será realizada no dia 3 de maio.

Participaram da reunião, Marcia Altafini Muller, Rosemary Mochi e Verônica Pagnan do projeto Adote um Bichin Coxim, Lígia Inácio do projeto Cãopanheiras, o veterinário Mike Campoi, a advogada Valéria Ferreira de Araújo Oliveira, a colaboradora da causa animal Gislene Cristina, a médica veterinária, coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ  Adriana Góes Barbosa Haidar, o vice-prefeito Flávio Dias, o chefe de gabinete Ivaldo Lopes e os vereadores William Meira, Abilio Vaneli e Angelo Gari. Fonte: Augusto Marques

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: