Projeto quer evitar fraudes na quilometragem dos veículos em MS

Correio do Pantanal

29 jun 2018 às 09:57 hs
Projeto quer evitar fraudes na quilometragem dos veículos em MS

Dados terão que constar no documento anual do veículo e no banco de dados do Detran-MS

Campo Grande News,

Deputados Pedro Kemp (PT), autor do projeto, ao lado de João Grandão (Foto: Victor Chileno/ALMS)

O projeto do deputado Pedro Kemp (PT) quer evitar fraudes na quilometragem dos veículos, na hora da venda para terceiros. Por esta razão torna obrigatório o registro da quilometragem no documento do carro e no banco de dados do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS), quando for feita a vistoria veicular.

Caberá ao Detran disponibilizar na internet o histórico com as datas das vistorias, com suas respectivas quilometragens registradas. “As pessoas associam o registro do hodômetro como um critério fundamental para aquisição ou locação do veículo usado. Quanto menor a quilometragem, maior a valorização do bem. Isso incentiva a prática desonesta de adulteração”, disse o petista.

O autor destaca que estas fraudes não trazem apenas prejuízos financeiros ao comprador, mas também coloca em risco sua segurança, já que terá números errados sobre as revisões e manutenções do veículo, que são feitas na maioria dos casos de acordo com a quilometragem do carro.

Se a lei for aprovada, haverá um campo destinado chamado de “Observações”, nos documentos de registro e licenciamento anual, para que seja colocada a quilometragem rodada pelo veículo. A proposta segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votada em plenário pelos deputados.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.