Primeiro Mercedes AMG GT Black Series chegou à Maia

Correio do Pantanal

27 mar 2021 às 16:11 hs
Primeiro Mercedes AMG GT Black Series chegou à Maia

TÓPICOS

Chegou à Maia o exclusivo Mercedes AMG-GT Black Series Edition One, um dos 275 carros fabricados exclusivamente para os clientes do AMG-One, um hiper-carro da marca alemã que utiliza uma motorização híbrida derivada dos Mercedes-AMG Petronas da F1, cujo preço ronda os três milhões de euros.

Um dos AMG-One foi vendido pela Sociedade Comercial C. Santos, com sede na Maia, a um cliente do norte do país que decidiu adquirir igualmente o AMG-GT Black Series Edition One, um carro que, de série, custa cerca de 410 mil euros, a que somam mais 50 mil euros em opcionais que justificam a sua denominação e exclusividade, incluindo a pintura que emula a dos Mercedes-Petronas da Fórmula 1.

Rui Sampaio, o responsável pelas vendas dos dois carros, recorda que “todos os compradores do One puderam comprar este exclusivo Black Series, que está disponível apenas em preto obsdiana e cinza prata”.

AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes "3 milhões"
AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes “3 milhões”Foto: DR

“São duas viaturas de coleção e, como tal, um bom investimento, pois nunca desvalorizam, tal a sua exclusividade”, referiu Rui Sampaio.

O Black Series utiliza o mais potente motor AMG V8 produzido em série até à data, debitando 730 cavalos de potência às 6700/6900 rpm e produz um binário máximo de 800 Nm às 2000/6000 rpm, combinados com uma aerodinâmica ativa e um design que tem origem direta do atual modelo de competição AMG GT3.

Este motor utiliza uma cambota “plana”, aparentando ser um motor de quatro cilindros em linha – exceto nos apoios das bielas na cambota mais largos, que cada um apoia duas bielas no motor V8. A ignição no motor V8 de planos paralelos passa de um bloco de cilindros para o outro, o que permite melhorar ainda mais o ciclo termodinâmico.

Os turbocompressores receberam rotores compressores de maiores dimensões em relação ao AMG GT Coupé de quatro portas, que podem fornecer um total de 1100 quilos de ar por hora. O Black Series acelera dos 0 aos 100 em 3.2 segundos e até aos 200 km/h em menos de 9 segundos. A velocidade máxima é de 325 km/h, embora só possa ser testada em circuitos fechados.

A potência é transmitida às rodas traseiras através da caixa de sete velocidades de dupla embraiagem AMG Speedshift DCT 7G, que está localizada no eixo traseiro para uma ótima distribuição do peso.

Além da pintura, os Black Series distinguem-se pelas listas folheadas em verde turquesa fosco nas embaladeiras laterais, jantes forjadas de performance AMG de 19 e 20 polegadas em design de 10 raios, pintadas em preto fosco com aro em verde turquesa.

No interior, destacam-se os estofos exclusivos em pele sintética/microfibra Dinamica preta com costura em verde-turquesa, o volante AMG Performance em microfibra Dinamica preta com costuras verde turquesa, o botão para o controlo de tração AMG em verde turquesa e um distintivo com a inscrição “Exclusive for AMG One Team”.

AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes "3 milhões"
AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes “3 milhões”Foto: DR

Aerodinâmica

O perfil superior móvel é eletricamente ajustado em 20 graus para se adaptar à situação de condução e ao programa AMG Dynamics selecionado, e melhora as dinâmicas longitudinal e transversal do modelo.

Na posição plana, reduz a resistência ao escoamento do ar para ajudar o modelo a atingir mais rapidamente a velocidade máxima. Na posição inclinada, o perfil melhora o desempenho da travagem e a estabilidade em curva graças à maior força aerodinâmica descendente no eixo traseiro. Podem ser selecionadas quatro diferentes estratégias de ativação em função do programa AMG selecionado: o Basic; Advanced; Pro ou Master.

No programa Master, por exemplo, o perfil é permanentemente inclinado e estendido até 250 km/h. Quando for atingida uma velocidade superior, o perfil é recolhido de modo a reduzir a resistência ao escoamento do ar e desta forma permitir que a velocidade máxima seja atingida mais rapidamente. Se o condutor travar subitamente ou entrar numa curva, o perfil retorna imediatamente à sua posição estendida para melhorar a travagem e o desempenho em curva devido à maior força aerodinâmica descendente e resistência ao escoamento do ar. O perfil também pode ser recolhido ou estendido pelo condutor utilizando um botão separado na consola central.

Para Portugal virão cinco Black Series, dois dos quais (incluindo o Edition One) foram vendidos pela Sociedade Comercial C. Santos.

AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes "3 milhões"
AMG GT Black Series é destinado a clientes do Mercedes “3 milhões”Foto: DR

AMG One

O AMG One, que ficou conhecido em Portugal por “Mercedes 3 milhões”, numa referência ao seu preço, é um impressionante carro que utiliza uma motorização adaptada daquela que estava instalada F1 híbrido W06, usado por Lewis Hamilton. É um motor 1.6 V6 turbo, com quatro propulsores elétricos que deverá ultrapassar os mil cavalos de potência.

Aos 275 exemplares apenas tiveram acesso clientes com histórico de carros da marca, após um complexo processo de seleção, incluindo um empresário português do Norte do país.

As normas antipoluição europeia atrasaram o lançamento do carro, que deverá começar a ser entregue em setembro deste ano, ao ritmo de uma unidade por dia. O escalonamento da entrega das unidades foi sorteado pelos clientes.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: