Bolsonaro sugere que não assina o Prémio Camões de Chico Buarque. O escritor agradece

Correio do Pantanal

9 out 2019 às 20:57 hs
Bolsonaro sugere que não assina o Prémio Camões de Chico Buarque. O escritor agradece

Jair Bolsonaro, dá a entender que não assinará o diploma do Prémio Camões concedido a Chico Buarque. “Até 31 de dezembro de 2026, eu assino”, disse. Para o escritor “é um segundo Prêmio Camões”.

Chico Buarque atuou em junho do ano passado em Lisboa, no Coliseu dos Recreios © PAULO SPRANGER/Global Imagens

OPresidente brasileiro, Jair Bolsonaro, deu esta quarta-feira a entender que não assinará o diploma do Prémio Camões concedido ao compositor e escritor Chico Buarque cuja entrega formal está prevista para abril do próximo ano, em Portugal.

A informação é avançada pelo jornal Folha de São Paulo, que conta que, ao ser questionado sobre a assinatura do documento, Bolsonaro respondeu que a decisão era “segredo”, para em seguida acrescentar: “Até 31 de dezembro de 2026, eu assino”.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: