Homem destroi o próprio carro para não ter ele apreendido em blitz
  • Projetando

Correio do Pantanal

25 ago 2019 às 00:43 hs
Homem destroi o próprio carro para não ter ele apreendido em blitz

‘Espertão’ não pagava licenciamento há seis anos

RAFAEL RIBEIRO – Correio do Estado

Divulgação/Polícia Militar

Um homem de 41 anos não pensou duas vezes em destruir o seu próprio carro, um Fiat Uno, ao perceber que seria parado em uma blitz de trânsito em Nova Andradina, na última sexta-feira (23). Segundo a polícia, o carro estava com o licenciamento atrasado há seis anos e o acusado sabia que ele seria apreendido.

Mas não foi a única atitude irresponsável do acusado. Quando policiais militares se aproximaram para perguntar o motivo de estar quebrando os vidros e amassando a lataria do Uno com uma chave de roda, ele passou a ofendê-los e ainda tentou os agredir.

Na abordagem, o condutor relatou que comprou o veículo como “BO” (veículo em situação irregular) e que não pagava o documento há muito tempo. Em checagem ao sistema policial, ficou constatado que existe débito há quase seis anos.

O policial então avisou o condutor que seria notificado e que o veículo seria recolhido ao pátio do Detran, conforme rege o CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Diante da notícia, o homem ficou descontrolado e começou a ameaçar os policiais, caso o carro fosse levado para o Detran, iria quebra-lo todo. Mesmo sendo alertado sobre o crime que poderia ocorrer, ele foi no automóvel, pegou uma chave de roda e começou a quebrar os vidros do veículo.

O pobre do veículo não foi a única vítima do ato de revolta. A vidraça de uma loja na frente de onde ele estacionou também foi quebrada durante a ação.

O homem acabou conduzido à delegacia da cidade, onde foi indiciado por desacato, desobediência, resistência e lesão corporal.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: