Pode faltar ovo no Brasil? Entenda a escassez em diversos países do mundo

Correio do Pantanal

16 jan 2023 às 16:33 hs
Pode faltar ovo no Brasil? Entenda a escassez em diversos países do mundo
  • Thais Carrança – @tcarran
  • Da BBC News Brasil em São Paulo

Ovos vermelhos em caixa de papelão
Legenda da foto,Estados Unidos, Reino Unido, Portugal e Nova Zelândia estão entre os países que enfrentam disparada de preços e falta de ovos neste início de ano. No Brasil, produção deve encolher pelo segundo ano seguido e preços tendem a continuar elevados

A brasileira Paula Moreno, de 43 anos e moradora há 12 deles em Los Angeles, nos Estados Unidos, passou na última sexta-feira (6/1) por uma experiência incomum nos geralmente abundantes supermercados norte-americanos.

“Fui ao supermercado aqui do lado de casa, o que eu geralmente vou, precisava comprar poucas coisas e uma delas era ovo. Cheguei lá, a prateleira do ovo estava inteira vazia e tinha um aviso dizendo que estava em falta”, conta a farmacêutica.

Paula tirou fotos e compartilhou a notícia com os vizinhos. Uma amiga venezuelana, mais experiente em situações de escassez, logo descobriu quando outro supermercado do bairro seria reabastecido. No dia seguinte, estava na porta do local dez minutos antes da abertura às 8h.

Este segundo supermercado estava limitando a venda de ovos a duas caixas por pessoa, mas a amiga conseguiu levar três, já que estava comprando para outras famílias da vizinhança.

PUBLICIDADE

“Aí virou piada. Naquele dia mais tarde, minha mãe perguntou o que eu queria jantar, eu respondi ‘um omelete’ e essa minha amiga que estava aqui em casa logo brincou: ‘Está dando uma de rica, esbanjando ovo'”, conta a brasileira, entre risos.

Prateleira de ovos vazia em supermercado em Los Angeles, com aviso aos clientes de limite de compra de duas caixas por pessoa
Legenda da foto,Prateleiras de ovos vazias e limite de compras por pessoa nos supermercados se tornaram comuns neste início de ano na Califórnia

Uma escassez global de ovos

A escassez de ovos vivida pela farmacêutica brasileira e sua amiga venezuelana em Los Angeles não é uma exclusividade da cidade da Califórnia, na costa oeste americana.

“Vivendo uma ‘ovoansiedade’ real com relação a essa escassez de ovos”, escreve numa rede social uma jornalista em Nova York, na costa leste dos Estados Unidos.

“Está havendo uma escassez de ovos no Reino Unido? Não havia um ovo sequer à vista no supermercado outro dia”, questiona um consumidor de Londres, na Inglaterra. “Meu Deus, sim! Não havia um único ovo no nosso supermercado semana passada”, responde outra.

“Senhor @antoniocostapm, não há ovos nos supermercados, faça qualquer coisa”, reclama uma consumidora de Lisboa, marcando o perfil do primeiro-ministro português António Costa.

Dos Estados Unidos, passando pela Europa e chegando à Nova Zelândia, o mundo enfrenta neste início de ano uma escassez global de ovos de galinha.

O curioso é que há explicações distintas para essa falta em diferentes partes do mundo.

Entenda os motivos da escassez global de ovos neste início de 2023 e quais as perspectivas para a oferta do produto no Brasil, em um momento em que muitos recorrem a essa fonte de proteína, tendo em vista a forte alta de preços dos alimentos.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.