PMA prende e autua infrator por transporte de carne de animais silvestres oriundo de caça ilegal

Correio do Pantanal

22 jul 2021 às 05:41 hs
PMA prende e autua infrator por transporte de carne de animais silvestres oriundo de caça ilegal

Luma Danielle CenturionImprimirFoto: Divulgação PMA

Durante fiscalização Ambiental terrestre na estrada Transpantaneira, na região conhecida como Maralina, localizada a 30 km de Coxim, prenderam e autuaram um homem, de 57 anos, transportando carne de animal silvestre.

Na tarde desta terça-feira (20), os policiais abordaram uma caminhonete Mitisubich L200 e com 11 quilos de carne de porco do mato da espécie popularmente conhecida como Cateto.

Após demonstrar muito nervosismo ao ser abordado e chamar a atenção da equipe policial, o motorista, residente em Coxim, que trabalha na construção civil, acabou confessando que transportava carne de animal silvestre.

O infrator informou aos policiais que fazia o transporte da carne, a pedido de um funcionário de uma fazenda local, porém ele negou indicar quem e qual fazenda. A carne e o veículo foram apreendidos.

Os policiais deram voz de prisão ao infrator e o encaminharam, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil de Coxim, onde ele foi autuado por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano.

Ele ainda foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5.500 pelo transporte ilegal de carne de animal silvestre.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.