Pastor Alemão Adopta Leõezinhos de Leão depois de serem Rejeitados pela Mãe

Correio do Pantanal

27 jan 2023 às 09:31 hs
Pastor Alemão Adopta Leõezinhos de Leão depois de serem Rejeitados pela Mãe

Os cães são tão bons pais adoptivos. E foi exactamente isso que um pastor alemão fez por um casal de filhotes de leão num parque de vida selvagem russo. As duas crias foram rejeitadas pela sua mãe e o cão acolheu-as como suas. As duas crias tinham nascido da sua mãe, uma leoa chamada Sirona.

No entanto, os empregados do Parque do Leão Branco localizado em Vladivostok, Rússia, logo começaram a ficar preocupados quando repararam que algo não estava bem com a mãe leoa da primeira vez. O pessoal notou que Sirona se tinha tornado “muito introvertida, reservada e reservada” Além disso, as suas duas crias também estavam a sofrer, pois estavam “emaciadas e desidratadas” Foi então que o bastão decidiu retirar as crias para sua própria segurança.

As crias foram então entregues aos cuidados de Sandra, uma Pastora Alemã que vivia no parque. Ela acolheu imediatamente os dois leões, como se fossem os seus próprios cachorros. Foi bastante emocionante:

O director do parque de vida selvagem, Viktor Agafonov, partilhou que o comportamento de Sirona em relação às suas crias não era normal. A leoa até parecia voar do cabo enquanto rodeava os seus próprios filhotes. DailyMail relatou mesmo que a leoa mordeu as suas próprias crias, e Agafonov partilhou que uma das crias tinha até uma pequena ferida.

O Parque do Leão Branco recebeu até algumas imagens de vídeo de Sirona a morder uma das suas crias durante um post no Instagram:

Quanto à mãe adoptiva, Sandra, Agafonov partilhou que normalmente não gosta de gatos. No entanto, ela estava mais do que feliz por ser mãe adoptiva destes dois felinos selvagens, talvez porque se sentia muito maternal após o nascimento dos seus próprios cachorros. O director do parque observou que Sandra veio ao parque de vida selvagem pela primeira vez depois de um pedido ter sido divulgado ao público. Uma família da cidade de Artem emprestou-a ao parque de vida selvagem por um “tempo”

Agafonov também partilhou que Sandra está a alimentar as crias sem quaisquer problemas, assegurando ao público que o seu leite de cão é mais do que aceitável para os dois leões, uma vez que tem a mesma nutrição que os dois leões precisam para crescerem normalmente. O pessoal do parque de vida selvagem sabe que esta adorável dinâmica familiar não poderá durar para sempre, mas tem esperança que Sandra possa continuar a alimentá-los por mais algum tempo.

Agafonov reconheceu que o facto de Sandra ter fomentado as duas crias de leão foi uma grande surpresa, uma vez que as espécies animais raramente fomentarão as crias uma da outra – especialmente se forem animais selvagens. Ainda assim, é bastante querido ver que esta mãe de cão levou bem às crias de leão.

Eles precisavam realmente de uma mãe atenciosa e parece que conseguiram isso em Sandra. Esperemos que as três continuem a reforçar os seus laços.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.