Pai de bebê internada na UTI com mais de 30 lesões diz à polícia que pode ter machucado a filha ‘sem intenção’

Correio do Pantanal

12 maio 2021 às 20:25 hs
Pai de bebê internada na UTI com mais de 30 lesões diz à polícia que pode ter machucado a filha ‘sem intenção’

Segundo a delegada, ele disse que pode ter ferido a menina quando estava com ela no colo e se abaixou para pegar um celular que estava na cama, em Anápolis. Mãe deve ser ouvida pela polícia nos próximos dias. Bebê está intubada em hospital de Goiânia.

Por Danielle Oliveira, G1 GO

12/05/2021 19h10  Atualizado há uma hora


Médica chama a polícia após atender bebê com mais de 30 lesões no corpo, em Anápolis

Médica chama a polícia após atender bebê com mais de 30 lesões no corpo, em Anápolis

O pai da bebê que foi levada ao hospital com mais de 30 lesões pelo corpo disse à polícia que pode ter machucado a filha “sem intenção”. Segundo a delegada, ele disse que pode ter ferido a menina quando estava com a bebê no colo e se abaixou para pegar um celular que estava na cama. A mãe da criança deve ser ouvida pela Polícia Civil nos próximos dias.

“O genitor do bebê afirma que é possível que tenha machucado sem intenção sua filha, ao abaixar-se, com ela em seu colo, para pegar um celular que estava sobre a cama, com a intenção de mudar o vídeo que ela assistia, bem como ao massagear o tórax dela para reanimá-la”, disse a delegada responsável pelo caso, Kênia Duarte.

Os nomes dos investigados não foram divulgados pela corporação e eles não chegaram a ser presos. Portanto, o G1 não conseguiu localizar a defesa deles para que pudesse se posicionar.

O caso foi registrado na noite de segunda-feira (10), quando a bebê foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento Pediátrico, em Anápolis. Na local, após perceber pelo menos 30 hematomas aparentes pelo corpo da menina, a médica suspeitou que a criança fosse vítima de maus-tratos e acionou as autoridades.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.