Paciente de ambulância que sumiu recebe alta e motorista não será punido

Correio do Pantanal

6 jan 2021 às 19:18 hs
Paciente de ambulância que sumiu recebe alta e motorista não será punido

MIDIAMAX

(Foto: Divulgação)

Após a ambulância que transportava paciente com sintomas de Covid-19 até o Hospital de Naviraí ter sido encontrada na noite desta terça-feira (5), a Prefeitura de Aral Moreira irá apurar o que de fato aconteceu. Todos os ocupantes, incluindo a paciente, o motorista, o médico e o enfermeiro, já tiveram alta e retornaram ao município de origem.

Conforme nota divulgada pela Prefeitura de Naviraí, assinada pelo gerente de saúde do município Ronaldo Alexandre, todos deram entrada no Hospital por volta das 3h30. A paciente, que estava com sintomas de coronavírus, se deslocava para o município para tratamento de Covid-19 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ela passou por exames no Hospital, que descartaram o diagnóstico. “Os passageiros estavam clinicamente bem e apresentando sinais de fome e sede”, informou a nota.

O prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia, conversou com o Jornal Midiamax e explicou que o motorista da ambulância não deverá ser demitido, conforme apurações iniciais. “A princípio é descartada e demissão do funcionário, que é contratado da Prefeitura, inclusive após depoimento dos demais do médico e do enfermeiro, pois se trata de um bom funcionário”, afirmou o prefeito.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.