Coreia do Norte diz estar disposta a discutir desnuclearização com EUA

Correio do Pantanal

9 abr 2018 às 11:50 hs
Coreia do Norte diz estar disposta a discutir desnuclearização com EUA

VEJA

O presidente americano Donald Trump e o ditador norte-coreano Kim Jong-un (Michael Reynolds-Pool/Getty Images e KCNA/Reuters)

Autoridades da Coreia do Norte disseram ao governo dos Estados Unidos que Kim Jong-un está pronto para discutir a desnuclearização, uma garantia que poderia abrir o caminho para uma reunião com o presidente Donald Trump, informou a imprensa americana neste domingo.

É a primeira vez que a oferta foi feita diretamente a Washington, depois de ter sido transmitida previamente pelo consultor sul-coreano de segurança nacional Chung Eui-yong. “Os EUA confirmaram que Kim Jong-un está disposto a discutir a desnuclearização da Península Coreana”, disse um funcionário do governo Trump ao The Wall Street Journal e ao Washington Post neste domingo.

Washington surpreendeu os observadores quando anunciou no mês passado que havia concordado com um primeiro encontro histórico entre Trump e Kim, a ser realizado no final de maio.

Mas Pyongyang não havia falado com Washington desde então, o que o jornal sugeriu que pode indicar que Seul exagerou a disposição do Norte para negociar seu próprio arsenal nuclear.

A garantia norte-coreana não significa que as negociações serão necessariamente bem-sucedidas. Pyongyang indicou que o progresso em direção à desnuclearização deve prosseguir em fases sincronizadas com as concessões diplomáticas e econômicas do lado americano.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre a data ou local da reunião proposta.

O possível encontro vai acontecer depois de um ano muito tenso entre os dois líderes, no qual a Coreia do Norte fez vários testes de mísseis balísticos, ao que Trump respondeu com duras advertências e se referindo a Kim com termos depreciativos como “pequeno homem foguete”.

Kim, por sua vez, desafiou as advertências da comunidade internacional para deter seus testes nucleares e chamou Trump de “idiota”

(Com AFP, EFE e Estadão Conteúdo)

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: