Oito mortos em três tiroteios em casas de massagens asiáticas nos EUA

Correio do Pantanal

17 mar 2021 às 06:14 hs
Oito mortos em três tiroteios em casas de massagens asiáticas nos EUA

MAIS VISTAS EM MUNDO

Pelo menos oito pessoas morreram, na terça-feira, em três tiroteios ocorridos em casas de massagens asiáticas na área da cidade norte-americana de Atlanta, na Geórgia. Seis das vítimas têm origem asasiática. Motivação racial é hipótese.

O suspeito foi detido
O suspeito foi detidoFoto: Polícia do Condado de Crisp

O primeiro tiroteio, que provocou quatro mortos e dois feridos, ocorreu durante a tarde num salão de massagens em Acworth, na área metropolitana de Atlanta, o Young’s Asian Massage. Meia hora depois, mais quatro pessoas foram mortas a tiro em dois estabelecimentos muito próximos nos arredores da cidade, o Gold Spa e o Aroma Therapy Spa (veja o mapa do trajeto do suspeito em baixo). Das vítimas mortais, seis são de origem asiática e duas são caucasianas. Só uma não é mulher.

O suspeito, um homem branco de 21 anos identificado como Robert Aaron Long, foi detido durante a noite, a cerca de 250 quilómetros da zona dos últimos tiroteios, na sequência de uma caça ao homem montada pelas autoridades.

Embora as autoridades não confirmem para já a motivação por detrás dos ataques e tenham dito que “é demasiado cedo para confirmar” a ligação entre eles, os tiroteios ocorreram numa altura em que as agressões contra norte-americanos de origem asiática têm vindo a aumentar. A associação “Stop AAPI Hate” indicou que, entre março e dezembro passados, foram denunciados online mais de 2800 atos racistas e discriminatórios contra a comunidade asiática no país.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.