Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína nas Ilhas Canárias

Correio do Pantanal

25 jan 2023 às 19:59 hs
Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína nas Ilhas Canárias

Droga estava declarada oficialmente como café. Toda a tripulação, composta por albaneses e paquistaneses, foi presa pela guarda civil da Espanha.

Por Sávio Ladeira, g1

25/01/2023 13h14  Atualizado há 7 horas


Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.552.0_pt_br.html#goog_1738101892Reproduzir vídeo

Reproduzir

00:00/00:46Silenciar somTela cheia

Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína

https://d54f72d13eedcea85a16a244cc856efc.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html

A Guarda Civil da Espanha interceptou um navio cargueiro contendo 4,5 toneladas de cocaína próximo as Ilhas Canárias e prendeu os 15 tripulantes da embarcação. Apreensão ocorreu no dia 18 de janeiro.

O cargueiro chamado “Blume” opera sob a bandeira de Togo. O navio saiu do Porto de Santos, em São Paulo, no dia 20 de dezembro, segundo o site Marine Traffic. O destino era Riga, na Lituânia.

A guarda civil espanhola não informou se o navio foi abastecido com a droga no Brasil.

Guarda civil da Espanha mostra as 4,5 toneladas de cocaína que foram interceptadas em navio que saiu do Brasil — Foto: Guardia Civil/Divulgação

Guarda civil da Espanha mostra as 4,5 toneladas de cocaína que foram interceptadas em navio que saiu do Brasil — Foto: Guardia Civil/Divulgação

https://d54f72d13eedcea85a16a244cc856efc.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html

Interceptação nas Ilhas Canárias

A operação, que contou com ajuda de diversas entidades internacionais, começou com o alerta do possível envolvimento da embarcação com o tráfico de drogas na América do Sul.

Como resultado, a vigilância aduaneira espanhola identificou qual seria o navio e fez a abordagem na madrugada do dia 18.

A mercadoria oficialmente declarada era de 200 toneladas de café, bem abaixo da capacidade real de carga do navio, o que chamou a atenção dos funcionários encarregados da operação.

Ao inspecionarem o cargueiro, encontraram a droga escondida.

Dos 15 tripulantes do navio, dois eram albaneses e 13 paquistaneses. Todos foram detidos e encaminhados para o porto de Santa Cruz de Tenerife, na Espanha.

Transbordo de carga

A guarda civil informou que as condições do embarque foram muito complicadas devido à situação do mar e às grandes dimensões do barco. Apesar disso, a rápida atuação impediu um eventual transbordo de drogas para outras embarcações, o que teria comprometido a apreensão.

Esta operação atuou na região que é conhecida como “Rota do Atlântico da Cocaína”, uma região no meio do Oceano Atlântico utilizada por barcos de pesca, mercadores e cargueiros para passar a carga de drogas de uma embarcação para outra e posteriormente levar a substância para o continente europeu.

https://d54f72d13eedcea85a16a244cc856efc.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html
Guarda civil da Espanha apreende navio com 4,5 toneladas de cocaína que saiu do Brasil — Foto: Guardia Civil/Divulgação

Guarda civil da Espanha apreende navio com 4,5 toneladas de cocaína que saiu do Brasil — Foto: Guardia Civil/Divulgação

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.