Síria em alerta ante a iminente ataque militar de Washington

Correio do Pantanal

10 abr 2018 às 08:45 hs
Síria em alerta ante a iminente ataque militar de Washington

NOTICIAS AO MINUTO

© DR

As tropas sírias leais ao regime de Bashar-al Assad e os respectivos aliados estão em alerta perante a iminência de um ataque norte-americano, após Washington ter afirmado que estuda todas as possibilidades de resposta ao suposto ataque químico atribuído ao governo de Damasco. Donald Trump disse que a ação norte-americana será divulgada nas próximas horas.

Diante de uma possível retaliação dos Estados Unidos, após a Rússia já ter afirmado que não tolera a participação norte-americana, as tropas sírias começaram a tomar medidas preventivas nas próprias bases militares. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos diz que as tropas estão em alerta de 72 horas e que fortificam as posições.

Além disso, conforme a Associated Press, soldados iranianos e membros do Hezbollah libanês, que estão na Síria em apoio a Bashar-al Assad, abandonaram as posições em Boukamal, perto da fronteira com o Iraque.

+ Filha de ex-espião, Yulia Skripal recebeu alta hospitalar

A estratégia adotada pela Síria, Rússia e Irã começou a ganhar força depois de uma tensa reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, onde Moscou e Washington trocaram acusações. Além  disso, o presidente francês, Emmanuel Macron, e o homólogo norte-americano, Donald Trump, reiteraram que estão trabalhado em conjunto.

A Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) investiga o suspoto ataque que causou dezenas de mortos. Segundo a agência de notícias iraniana Tasnim, sete oficiais iranianos morreram após um ataque ao aeroporto militar de Taifur, que causou pelo menos 14 mortes. Rússia e Síria culpam Israel pelo ataque, acusação que não foi confirmada nem desmentida por Tel-Aviv.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: