Mulher é flagrada ao tentar entregar cigarros ‘recheados’ de cocaína a filho preso em MS por assassinato

Correio do Pantanal

16 jan 2021 às 22:29 hs
Mulher é flagrada ao tentar entregar cigarros ‘recheados’ de cocaína a filho preso em MS por assassinato

Entorpecente estava em fundos falsos e totalizou 423g.

Por G1 MS

16/01/2021 18h39  Atualizado há 4 horas


Porções de cocaína que estavam nas caixas de cigarro — Foto: Agepen/Divulgação

Porções de cocaína que estavam nas caixas de cigarro — Foto: Agepen/Divulgação

Uma mulher de 50 anos foi flagrada neste sábado (16), quando tentava entregar cigarros ‘recheados’ de cocaína ao filho presidiário, em Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande.

Como as visitas nas unidades penais de Mato Grosso do Sul estão suspensas por conta da pandemia de Covid-19, neste sábado foi permitido que as pessoas autorizadas a visitar presos levassem mantimentos para que os agentes entregassem aos detentos.

Os produtos levados passam por vistoria e, no caso dos cigarros levados pela mulher, o raio-x indicou que havia algo suspeito. As caixas foram abertas e, em fundos falsos, encontradas 17 porções de cocaína que pesaram 423g.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher disse que recebeu as caixas de cigarro em casa, levadas por um motorista de aplicativo, e que as entregaria ao filho preso desde 31 de agosto de 2019 por homicídio qualificado pelo motivo fútil.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.