Mochileiro que percorreu 36 mil km pelo Brasil morre em acidente no fim da viagem

Correio do Pantanal

20 nov 2021 às 17:14 hs
Mochileiro que percorreu 36 mil km pelo Brasil morre em acidente no fim da viagem

20 de novembro de 2021 0

Reprodução- Redes Sociais

Depois de viajar 36 mil quilômetros pelo Brasil em uma moto e conhecer todos os estados, o mochileiro gaúcho Tiago Escarcell Boher, 31, morreu nesta sexta-feira (19), em decorrência de um acidente ocorrido na etapa final da aventura. Há três dias ele estava internado em Campo Grande (MS).

 Em companhia da namorada, Jennifer Santos, 19, ele viajou pelo país por oito meses e 13 dias. Após passarem por todos os outros estados e o Distrito Federal numa moto de 150 cilindradas, a façanha seria concluída justamente em Mato Grosso do Sul, onde o casal foi vítima de um grave acidente às 15h da última terça-feira (16).

De acordo com a polícia, outro motociclista, ao tentar ultrapassar um caminhão num local não permitido, bateu de frente na moto em que Boher e Santos estavam, na BR-060, em Paraíso das Águas.

O outro motociclista morreu, depois de ter sido atropelado por um caminhão. Boher sofreu amputação de uma perna e estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande.

A causa da morte, ocorrida às 7h55, foi uma parada cardiorrespiratória.

Menos de três horas antes do acidente, às 12h13 de terça, o casal publicou um vídeo nas redes sociais e soltou fogos de artifício para celebrar a marca.

“Acabamos de chegar aqui em Mato Grosso do Sul. Estamos liquidados, liquidados, liquidados […] Demos a volta no Brasil, maluco”, disse Boher no vídeo. “Nem sei o que dizer”, completou.

Ele afirmou que o casal dormiu apenas três horas entre a segunda-feira (15) e a terça e que realizou um sonho de conhecer todos os estados do país.

“Não importa o tamanho do teu sonho. Muita gente vai olhar para ti e vai dizer que tu é louco e tal, mas sonhar é bom demais. E realizar é mais incrível. Apenas não sonhe, tente realizar, todo mundo tem o dever de ser feliz”, disse ainda.

Santos, que também foi internada em estado grave, segue hospitalizada na Santa Casa da capital sul-matogrossense. Ela sofreu múltiplas fraturas e está na UTI.

Natural de Pelotas (RS) e torcedor do Brasil, time local, Boher foi homenageado pelo clube.

“Com muito pesar, o GE Brasil comunica o falecimento do torcedor xavante Tiago Escarcell Boher, ocorrido hoje (19). Tiago e Jennifer viajaram o país de moto, levando as cores do Xavante por todo o Brasil, e na última terça sofreram um grave acidente. O clube se solidariza com a família de Tiago neste momento de tristeza”, diz trecho do comunicado.

Neste domingo (21), haverá um minuto de silêncio antes do início da partida do time contra o Botafogo, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Segundo o clube, camisas das duas equipes serão entregues à família como forma de homenagem.

O plano do casal era chegar a Pelotas, localizada a cerca de 1.800 quilômetros de onde estavam, justamente no domingo.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.