Rio Aquidauana desce mais de 1 metro e saldo é de 153 pessoas desabrigadas

Correio do Pantanal

22 fev 2018 às 10:49 hs
Rio Aquidauana desce mais de 1 metro e saldo é de 153 pessoas desabrigadas

CORREIO DO ESTADO

Cidade amanheceu debaixo d’água ontem. – Foto: Divulgação

Depois da segunda maior cheia da história, o Rio Aquidauana voltou a descer. De acordo com a Defesa Civil de Aquidauana, a água atingiu ontem 10,45 metros, mas hoje pela manhã já estava em 9,35 metros, permitindo a passagem de veículos nas pontes. A enchente deixou 153 pessoas desabrigadas em cinco regiões do município.

Segundo o diretor da Defesa Civil, Mário Ravaglia, as vítimas estão alojadas temporariamente em três abrigos, onde armazenam bens recolhidos, animais e recebem café da manhã, almoço, lanche da tarde e janta, além de outros tipos de assitência. “Ao todo estamos atendendo 50 famílias”, disse.

Os locais mais afetados foram os distritos de Piraputanga e Camisão, a Colônia Buriti e os Bairros Guanandy e Vila Trindade. Hoje pela manhã, o governador Reinaldo Azambuja desembarca na cidade para reunião com prefeitos de vários municípios da região, que foram afetados por outras cheias, a fim de discutir medidas de segurança e assistência às vítimas.

PASSAGEM

Com a baixa do rio, a passagem de veículos foi liberada nas duas pontes na divisa com Anastácio, mas com algumas restrições. Na ponte velha, que não está mais encoberta, passam apenas carros pequenos e motos. Na ponte nova, está liberado apenas o trânsito de caminhonetes e caminhões, pois ainda há água no local. A passadeira instalada pelo 9° Batalhão de Engenharia e Combate Carlos Camisão, do Exército Brasileiro, permanece.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: