Leclerc soma a segunda “pole” seguida… com polémica
  • piramide

Correio do Pantanal

7 set 2019 às 15:59 hs
Leclerc soma a segunda “pole” seguida… com polémica
Lewis Hamilton criticou Leclerc no final da qualificaçãoFoto: DANIEL DAL ZENNARO/EPA

A qualificação para o Grande Prémio de Itália ficou ainda marcada pelo facto de só dois pilotos terem conseguido realizar a última volta na Q3 devido ao ritmo baixo após uma interrupção.

Charles Leclerc garantiu este sábado a quarta “pole position” da carreira, a segunda consecutiva, ao ser o mais rápido na sessão de qualificação para o Grande Prémio de Itália de Fórmula 1, em Monza.

Leclerc conseguiu a sua melhor volta logo na primeira tentativa da Q3, a terceira e decisiva fase da qualificação, com o tempo de 1.20,126 minutos, apenas 39 milésimos de segundo mais rápido do que o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), líder do campeonato.

A sessão ficou marcada pelo despiste de Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) nos últimos minutos da Q3, que obrigou a uma interrupção por alguns minutos.

No recomeço, quando os pilotos se preparavam para a segunda tentativa de volta rápida, todos abrandaram na volta de reentrada em pista de forma a aproveitar da melhor forma o cone de ar do carro anterior, só que o ritmo imposto foi tão baixo que apenas Leclerc e Carlos Sainz (Renault) conseguiram cruzar a meta a tempo de realizar outra volta rápida. Os restantes cruzaram a meta já depois da bandeirada de xadrez que pôs um ponto final na sessão, pelo que não conseguiram realizar outra volta de qualificação.

Lewis Hamilton criticou os pilotos da Ferrari, acusando-os de terem, propositadamente, imposto “um ritmo demasiado lento”: “Obténs a pole na primeira volta e, a seguir, simplesmente esgotas o tempo de todos os outros”, criticou o pentacampeão mundial.Partilhe este artigo no FacebookPartilhas1

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.