Jovem e esposa grávida de nove meses são presos por tráfico de drogas em Coxim

Correio do Pantanal

12 jan 2021 às 17:53 hs
Jovem e esposa grávida de nove meses são presos por tráfico de drogas em Coxim

Polícia Civil suspeita que eles operavam para uma facção criminosa

Jovem e esposa grávida de nove meses são presos por tráfico de drogas em CoximPolícia Civil suspeita que eles operavam para uma facção criminosa

Sheila ForatoImprimirFoto: Divulgação/PC – Edição de Noticias

O jovem Maurelindo Rodrigues Miranda, de 24 anos, o “Murin”, e sua esposa Josiele Alves Pereira, de 19 anos, a “Josi”, que está grávida de nove meses, foram presos por tráfico de drogas, nesta segunda-feira (11), na região central de Coxim.

Na residência do casal, localizada na rua Matilde Teodoro de Souza, os investigadores da Polícia Civil encontraram uma porção de maconha de oito gramas já esfarelada e dois pedaços maiores de 42,7 gramas. Uma paradinha de pasta base também foi localizada no endereço.

Antes de ir ao endereço, a Polícia Civil abordou um usuário na avenida Filinto Muller, que tinha acabado de deixar a casa. Ele portava 24,8 gramas de maconha e confessou que tinha acabado de comprar a droga com Murin e Josi.

Segundo relato dos policiais que atuaram na ocorrência, o cenário era de uma típica boca de fumo. Ao que tudo indica o casal operava a serviço de uma facção criminosa. Vários depósitos bancários, em nomes diversos, foram encontrados na residência, assim como comprovantes indicando que excederam o número diário de depósitos.

A Polícia Civil localizou ainda um caderno com anotações e referências a três codinomes de integrantes dessa facção criminosa. Foram apreendidos R$ 670,00, provavelmente fruto da comercialização de drogas e apreendidos diversos celulares. A polícia pede que em caso de reconhecimento dos aparelhos os proprietários compareçam à delegacia para devoluções.Foto: Divulgação/PC

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.