Investigado por sonegação de R$ 1 bilhão, empresário é preso em MS com ajuda de drones

Correio do Pantanal

17 mar 2021 às 20:11 hs
Investigado por sonegação de R$ 1 bilhão, empresário é preso em MS com ajuda de drones

Mandado foi expedido pela polícia do Paraná e empresário preso em Ladário

Thatiana Melo Em 08h21 – 17/03/2021 – Midiamax

(Divulgação PC)

Foi preso nesta terça-feira (16), na cidade de Ladário a 426 quilômetros de Campo Grande, um empresário do ramo de café investigado por sonegação de impostos. A Operação Expresso foi deflagrada pela Polícia Civil do Paraná, com cumprimento de 35 mandados de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens em 39 cidades dos estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

O empresário de 60 anos é proprietário de um grupo empresarial do ramo industrial de café em grãos do Paraná, suspeito de praticar crime de sonegação de impostos e organização criminosa. A operação investigava a sonegação de R$1 bilhão em impostos.

A prisão foi efetuada em uma fazenda na região da APA Baía Negra, após um drone da Polícia Civil mapear a área e monitorar o local. O preso será encaminhado ao Presídio de Corumbá, onde ficará à disposição da justiça.LEIA TAMBÉM:

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.