Homem mantém esposa em cárcere, diz que “só sai morta de casa” e acaba preso

Correio do Pantanal

20 jan 2023 às 10:57 hs
Homem mantém esposa em cárcere, diz que “só sai morta de casa” e acaba preso

CGNews/LDImprimir

Foto: Divulgação

Homem, de 43 anos, foi preso pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (18), por agredir e manter a esposa em cárcere privado. Ele dizia que a mulher só sairia morta da casa e guardava duas espingardas. O caso aconteceu na cidade de São Gabriel do Oeste.

search Mais lidas Últimas notícias

Interior

Homem mantém esposa em cárcere, diz que “só sai morta de casa” e acaba preso Com suspeito, polícia apreendeu duas armas de fogo

Por Dayene Paz | 19/01/2023 08:34 ouça este conteúdo readme playcircleoutline graphiceqoutline

Armas apreendidas com suspeito em São Gabriel do Oeste. (Foto: Divulgação) Homem, de 43 anos, foi preso pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (18), por agredir e manter a esposa em cárcere privado. Ele dizia que a mulher só sairia morta da casa e guardava duas espingardas. O caso aconteceu na cidade de São Gabriel do Oeste, a 140 quilômetros de Campo Grande.

A informação de cárcere chegou ao conhecimento da delegacia de São Gabriel do Oeste, por meio de informações compartilhadas com a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico). A vítima, de 54 anos, estava sendo mantida presa em casa pelo convivente em uma propriedade rural próximo ao distrito do Areado.

A equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG) foi até o local, onde encontrou a mulher trancada e com ferimentos. A polícia apurou que suspeito e vítima tiveram uma discussão na noite do dia 17, oportunidade em que ele a agrediu com socos, enforcamento, além de bater a cabeça dela contra a janela de vidro.

O suspeito afirmou que ela somente sairia do local morta, ameaçando, inclusive, os familiares da vítima. Foram encontradas na residência duas armas de fogo calibre 22 e munições intactas. O homem foi preso em flagrante por lesão corporal doméstica, cárcere privado, ameaça e posse ilegal de arma de fogo.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.