Golpe do emprego: mulher se passava por religiosa para oferecer vagas falsas

Correio do Pantanal

6 jun 2018 às 10:14 hs
Golpe do emprego: mulher se passava por religiosa para oferecer vagas falsas
Coxim Agora,
Foto: Reprodução/Youtube

Uma mulher de 22 anos foi presa na segunda-feira (4) suspeita de estelionato no Distrito Federal. Agenayra Maranguape Rodrigues se passava por religiosa de uma rede de escolas de Brasília e oferecia emprego para cargos de professor, psicólogo e administrativo.

A promessa salarial era de até R$ 15 mil. As vagas estariam disponíveis no Brasil e na Itália.

Estima-se que a jovem tenha acumulado cerca de R$ 100 mil e feito mais de 100 vítimas, de acordo com a polícia.

Como era o golpe

Para participar do processo seletivo, a vítima era obrigada a pagar uma taxa de até R$ 10 mil. O valor era necessário para supostamente dar andamento aos documentos.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.