Sob forte esquema de segurança, Michael Schumacher dá entrada em hospital de Paris, diz jornal
  • Projetando

Correio do Pantanal

9 set 2019 às 23:53 hs
Sob forte esquema de segurança, Michael Schumacher dá entrada em hospital de Paris, diz jornal

Segundo “Le Parisien”, ex-piloto alemão teria sido admitido na tarde desta segunda-feira no Hospital Georges-Pompidou com maca coberta por lençol azul e forte esquema de segurança

Por GloboEsporte.com — Paris, França

Sob forte esquema de segurança, Michael Schumacher dá entrada em hospital de Paris, diz jornal

Clive Rose/Getty Images

O ex-piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher, teria dado entrada no Hospital Georges-Pompidou, em Paris, na tarde desta segunda-feira. A informação é do jornal francês “Le Parisien”, que afirma que o heptacampeão, de 50 anos, teria chegado sob um forte esquema de segurança e com sua maca coberta por um pano azul para não revelar a identidade do alemão. De acordo com a publicação, Schumi chegou em uma ambulância registrada em Genebra, cidade da Suíça (país em que a família Schumacher reside atualmente).

Le Parisien@le_Parisien

[Info @le_Parisien] Michael Schumacher, le septuple champion du monde de F1, grièvement blessé en décembre 2013, a été pris en charge ce lundi après-midi à l’Hôpital européen Georges-Pompidou à Paris. Il y suit un traitement dans le plus grand secret > http://www.leparisien.fr/faits-divers/michael-schumacher-soigne-a-paris-pour-un-traitement-secret-09-09-2019-8148849.php …Michael Schumacher soigné à Paris pour un traitement secretLe septuple champion du monde de Formule 1, grièvement blessé en décembre 2013, a été pris en charge ce lundi après-midi à l’Hôpital européeleparisien.fr703:07 PM – Sep 9, 2019Twitter Ads info and privacy70 people are talking about this

Michael Schumacher sofreu um grave acidente de esqui, em Méribel, na França, às 11h07m locais (8h07m no horário de Brasília) do dia 29 de dezembro de 2013. O alemão teve um trauma ao bater a cabeça em uma pedra e foi levado de helicóptero ao hospital Moutier, a 17 km dali, menos de dez minutos após a queda na Estação de Esqui. Posteriormente, foi removido para outro hospital, em Grenoble, sudeste da França. Segundo comunicado oficial, Schumacher estava em estado crítico e seria operado naquele mesmo dia.

Após quase três meses no hospital de Lausanne, na Suíça, Schumacher foi transferido para casa. Segundo nota de Sabine Kehm, assessora da família, o heptacampeão da Fórmula 1 apresentou progressos em seu quadro clínico e continuaria o tratamento na mansão de sua família, na pequena cidade de Gland, às margens do Lago Léman, também na Suíça, onde permanece até hoje sob um forte esquema de segurança.

+ Perguntas sem respostas, um mistério indecifrável: Os 5 anos do acidente de Michael Schumacher

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: