Trump diz que acusações oficias a russos ilibam a sua campanha

Correio do Pantanal

17 fev 2018 às 07:19 hs
Trump diz que acusações oficias a russos ilibam a sua campanha

EPA/SHAWN THEW

Robert Mueller, procurador especial, acusou 13 russos e três entidades russas de se intrometerem nas eleições de 2016

Donald Trump reconheceu esta sexta-feira uma alegada interferência russa nas eleições norte-americanas de 2016, as que o levaram até à Casa Branca, mas, no Twitter, explica que a acusação de 13 russos e 3 entidades russas por se intrometerem nas mesmas eleições refutam um possível conluio da campanha Trump com a Rússia.

“A Rússia começou a sua campanha anti EUA em 2014, muito antes de eu anunciar a minha candidatura a Presidente. Não teve impacto no resultado das eleições. A campanha Trump não fez nada errado. Não há conluio”, escreveu Trump no Twitter, no dia em que o procurador especial Robert Mueller, responsável por investigar uma possível ingerência russa nas eleições de 2016, fez as acusações.

Russia started their anti-US campaign in 2014, long before I announced that I would run for President. The results of the election were not impacted. The Trump campaign did nothing wrong – no collusion!

O caso tem assombrado o primeiro ano de Donald Trump na presidência dos EUA, e a Casa Branca também reagiu, dizendo que Trump estava “contente por ver a investigação a indicar que não existe conluio entre a campanha [do atual Presidente] e a Rússia”. Com o mesmo efeito, foi dito que “o resultado das eleições não foi mudado ou afetado”.

“É tempo de parar com ataques partidários, selvagens e falsas alegações e teorias rebuscadas, que apenas servem para fazer avançar as agendas de maus atores, como a Rússia, e não fazem nada para proteger os princípios das nossas instituições”, disse Donald Trump numa declaração, explica a Reuters.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: