Suspeito de matar comerciante na entrada de banco é baleado e preso em Bonito

Correio do Pantanal

18 fev 2018 às 09:56 hs
Suspeito de matar comerciante na entrada de banco é baleado e preso em Bonito

Wellesom foi capturado neste sábado e será levado para Sidrolândia

Por RENAN NUCCI – Correio do Estado

Foi preso por volta das 14 horas deste sábado, em Bonito, Wellesom Sanches Fragoso, de 21 anos, também conhecido como “Pipoca”, suspeito de envolvimento no latrocínio – roubo seguido de morte – do comerciante Paulo César Buchanelli, de 47 anos. O crime aconteceu na quinta-feira, enquanto a vítima seguia para depositar malote com R$ 60 mil, em Sidrolândia.

Segundo informações da Rádio Jota FM, ao ser flagrado pela Polícia Militar a caminho da rodoviária, Pipoca resistiu à prisão e foi baleado no braço. Ele assumiu ter pilotado a moto usada no assalto e deve ser transferido para Sidrolândia, para prestar esclarecimentos. A Polícia Civil continua com as investigações, já que ele não agiu sozinho, porém, ainda não há informações sobre a identidade do comparsa.

CRIME

Buchanelli chegava à agência bancária localizada na Rua Rio Grande do Norte, por volta das 14h50 de quinta-feira, quando foi surpreendido pelos dois homens, que estavam em uma motocicleta vermelha. O comerciante não reagiu e entregou o malote com dinheiro que seria depositado no banco, mas mesmo assim foi baleado no tórax.

Na sequência, a dupla fugiu com o dinheiro pela Avenida Aquiban e depois seguiu pela Avenida Dorvalino dos Santos, que dá acesso a BR-060, tanto para seguir sentido Campo Grande, como para outras rodovias, como a MS-162 e MS-258. Paulo Buchanelli foi socorrido pelos Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: