Salário de professores temporários será divulgado dia 15, diz Reinaldo

Correio do Pantanal

13 jul 2019 às 07:13 hs
Salário de professores temporários será divulgado dia 15, diz Reinaldo

Governador disse que valor representa “10% acima do piso nacional”, remuneração de R$ 2.813,51

Silvia Frias e Leonardo Rocha  – Campo Grande News
Reinaldo participou de Abertura da 26ª Copa do Laço (Foto: Henrique Kawaminami)Reinaldo participou de Abertura da 26ª Copa do Laço (Foto: Henrique Kawaminami)

A nova tabela com os valores que serão pagos aos professores contratados será divulgada na segunda-feira (15), segundo o governador do Estado, Reinaldo Azambuja. Hoje, ele voltou a dizer que a remuneração será 10% acima do piso nacional, o que significaria pagamento de R$ 2.813,5

“O efetivo ganha 80% acima o piso nacional e o comissionado vai ganhar 10% acima do piso nacional”, disse, em entrevista concedida esta manhã, na Abertura da 26ª Copa do Laço, em Campo Grande.

Para os descontentes, chegou a mandar recado: “Esses 10% estão acima do piso, pagamos mais que 20 Estados no Brasil; além disso, ninguém é obrigado a ser professor do Estado, existe fila enorme de espera”.

O governador enfatizou que a medida objetiva reduzir custos e garantir o pagamento de 13º dos servidores e, também, para pagar 100% acima do piso nacional até 2024. A lei aprovada na Assembleia Legislativa foi publicada no Diário Oficial do Estado. Em declarações anteriores, o líder do governo, deputado José Carlos Barbosa (DEM), disse que essa proposta vai representar economia de R$ 120 a R$ 130 milhões.

Salário – Sendo o piso nacional de R$ 2.557,74, os 10% acima representam R$ 2.813,51, valor que passará a ser pago aos temporários convocados pelo governo estadual. Segundo a assessoria da SED (Secretaria Estadual de Educação), a maioria dos professores em atividade trabalha no regime de 20h semanais, decorrente da mudança adotada a partir de 2007. Para os concursados, mantém-se o salário em vigor, que é de R$ 3.039,50. Os que trabalham pelo sistema de 40h semanais seriam contratos mais antigos, ou seja, piso de R$ 6.079,00.

Caso a carga horária dos professores contratados, que trabalham em regime de 20h seja ampliado, o ganho será sobre os novos valores adotados.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: