Promotoria pede 30 anos de prisão para ex-presidente sul-coreana

Correio do Pantanal

27 fev 2018 às 06:12 hs
Promotoria pede 30 anos de prisão para ex-presidente sul-coreana

Park Geun-hye, de 66 anos, está presa há quase um ano. Ela foi acusada de corrupção, suborno, abuso de poder e vazamento de segredos de Estado.

Por Agencia EFE

A ex-presidente sul-coreana Park Geun-hye (Foto: Ahn Young-joon / AP Photo)

A ex-presidente sul-coreana Park Geun-hye (Foto: Ahn Young-joon / AP Photo)

A promotoria do Distrito Central de Seul pediu, nesta terça-feira (27), 30 anos de prisão para a ex-presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, pelo seu envolvimento no caso de corrupção da “Rasputina”, que culminou com sua cassação e prisão preventiva há quase um ano.

Park, de 66 anos, em abril do ano passado, recebeu 18 acusações que incluem corrupção, suborno, abuso de poder e vazamento de segredos de Estado.

A Promotoria acredita que Park e sua amiga Choi Soon-sil, conhecida como “Rasputina”, extorquiram pouco mais de US$ 50 milhões de diversas empresas, entre elas a Samsung, em troca de obter um tratamento favorável do governo sul-coreano.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: