Polícia prende seguranças da Supervia e PM suspeitos de abuso contra jovens no Rio

Correio do Pantanal

13 jul 2019 às 06:38 hs
Polícia prende seguranças da Supervia e PM suspeitos de abuso contra jovens no Rio

Por Guilherme Santos, Mônica Teixeira, Marco Antônio Martins e Henrique Coelho, TV Globo e G1 Rio

Agentes da Supervia são presos por abusar de jovens em estação de trem
RJ2
Agentes da Supervia são presos por abusar de jovens em estação de trem

Agentes da Supervia são presos por abusar de jovens em estação de trem

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (12) dois seguranças da Superviaapontados como autores dos abusos cometidos contra dois jovens na estação Maracanã, na Zona Norte, no último domingo (7). Os funcionários foram demitidos da empresa após a revelação do caso.

Além deles, um dos dois policiais militares reconhecidos pelos jovens como autores das agressões registradas em vídeo também se apresentou na 18ª DP (Praça da Bandeira), que investiga o caso.

Rafael Souza Marcolino e Carlos Renato da Silva Alamino foram desligados da concessionária na quarta-feira (10), após uma comissão de sindicância interna concluir que ambos foram responsáveis pelo crime.

Os mandados de prisão temporária contra o PM e os dois ex-agentes da Supervia são válidos por 30 dias. Na decisão, a juíza Maria Izabel Pena Pieranti determinou as prisões pelos crimes de estupro e publicação de imagens do abuso cometido contra as vítimas.

De acordo com o delegado Roberto Ramos, responsável pela investigação do caso, um dos ex-funcionários admitiu ter gravado o vídeo, mas disse que se sentiu coagido pelos policiais para filmar.

Ramos também afirmou que o ex-segurança disse que o celular pertencia a um policial. Os dois ex-seguranças eram chefes de equipe da Supervia. A polícia ainda irá apurar a participação de outros funcionários da concessionária no crime.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: