Polícia Militar inicia operação Dia do Trabalho nesta sexta-feira

Correio do Pantanal

27 abr 2018 às 09:36 hs
Polícia Militar inicia operação Dia do Trabalho nesta sexta-feira

Durante esses seis dias a Polícia Militar realizará operações simultâneas nos 79 municípios, operacionalizando barreiras, blitzes e rondas em bairros

Conjuntura,

 

PM inicia operação Dia do Trabalho nesta sexta-feira (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do CPM (Comando de Policiamento Metropolitano), CPE (Comando de Policiamento Especializado) e os CPA’s (Comandos de Policiamento de Áreas) e suas unidades começa nesta sexta-feira (27.4), a operação Dia do Trabalho, que será estendida até 2 de maio, em todo o Estado, com a finalidade de levar tranquilidade e segurança para a população sul-mato-grossense.

Durante esses seis dias a Polícia Militar realizará operações simultâneas nos 79 municípios, operacionalizando barreiras, blitzes e rondas em bairros considerados críticos, com objetivo de diminuir os índices de criminalidade durante o feriado do Dia do Trabalho, sobretudo em lugares com grande concentração de pessoas e movimentação de veículos.

As unidades operacionais executarão o policiamento ostensivo, preventivo e repressivo, de modo a prevenir a ocorrência de ilícitos e todos os demais atos e fatos que comprometam a segurança dos cidadãos, coloquem em risco a integridade física ou o patrimônio e afetem a paz social.

O comandante-geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta, acredita que a comemoração do feriado será tranquila na Capital e interior, entretanto, disponibilizou boa parte do efetivo da corporação para a operação, visando garantir efetivamente maior segurança para a coletividade.

“A Polícia Militar agirá de maneira repressiva quando assim se fizer necessário, sempre observando, respeitando, cumprindo e fazendo cumprir os preceitos legais relativos à cidadania, à filosofia de polícia comunitária e os direitos humanos de forma a restabelecer a ordem pública e transmitir segurança à comunidade”, frisa o comandante.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: