Polícia em busca de álcool deixa escapar suspeitos de triplo homicídio

Correio do Pantanal

31 jul 2019 às 06:57 hs
Polícia em busca de álcool deixa escapar suspeitos de triplo homicídio
Foto: DR

Polícia em busca de álcool deixa escapar suspeitos de triplo homicídio

É mais um duro revés na busca pelos dois suspeitos de um triplo homicídio no Canadá. Kam McLeod e Bryer Schemgelsky chegaram a ser parados pelas autoridades num dos pontos de segurança usados para o controlo de álcool, mas acabaram por seguir caminho.

Os dois rapazes, suspeitos de terem assassinado dois turistas e um cientista, estão em fuga há mais de duas semanas. A polícia montou um verdadeiro arsenal para os encontrar. Drones, helicópteros, cães pisteiros e até aviões da Força Aérea foram enviados para a zona de Manitoba.

Kam, de 19 anos, e Bryer, de 18 anos, soube-se agora, chegaram a ser parados pelas autoridades, na semana passada, num dos postos de controlo de álcool. Na altura, a dupla ainda não tinha sido identificada como suspeita pelos crimes e foram autorizados a seguir caminho.DOIS SUSPEITOS E TRÊS MORTES. “A MAIS TERRÍVEL HISTÓRIA DE AMOR DE SEMPRE”VER MAIS

“Os dois indivíduos passaram pelo posto de controlo e depois foram seguidos por dois dos controladores até à comunidade mais próxima onde foram parados”, explicou, ao canal televisivo CTV News, Nathan Neckoway, do governo local.

O álcool naquela zona é proibido. Depois de as autoridades terem confirmado que não havia álcool no carro, os dois rapazes foram autorizados a seguir viagem. A partir desse posto de controlo, conduziram mais 90 quilómetros, até Gillam, onde bateram com o Toyota RAV4 e depois atearam fogo ao carro.

Os suspeitos disseram à polícia que eram da Columbia Britânica e no interior do veículo não foi encontrada qualquer arma. Só mapas e material de campismo. “Ficamos em choque quando percebemos que tínhamos deixado os jovens fugir”, confessou Natham.

Mais de 200 chamadas que não deram em nada

Já na segunda-feira, a polícia recebeu relatos de um avistamento dos dois fugitivos, que estariam à procura de comida num contentor do lixo. Na terça-feira, as autoridades abandonaram a área depois de não terem encontrado nada.

“As buscas na área de York Landing, que incluíram um helicóptero, drones e recursos militares foi concluída”, disse a Polícia Montada em comunicado. “As autoridades são incapazes de provar que os dois rapazes estão na zona”.

Até ao momento, foram recebidas 260 chamadas com pistas sobre o possível avistamento dos dois fugitivos.

A dupla é suspeita de ter assassinado, no dia 15 de julho, Lucas Fowler, de 23 anos, e Chynna Deese, de 24 anos. Na semana seguinte, Leonard Dyck, de 64 anos, também foi encontrado morto e a polícia acredita que foram os dois rapazes os autores do crime.

Kam e Bryer, da Ilha de Vancouver, abandonaram os empregos que tinham, no Walmart e disseram à família que se iam mudar para Yukon.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: