Polícia de MS prende jovem que matou mulher e incendiou corpo na cama dela: ‘Foi para casa dormir depois’

Correio do Pantanal

2 jul 2019 às 05:43 hs
Polícia de MS prende jovem que matou mulher e incendiou corpo na cama dela: ‘Foi para casa dormir depois’

Por Graziela Rezende, G1 MS

Jovem foi preso em flagrante após matar mulher e incendiar corpo em MS — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoJovem foi preso em flagrante após matar mulher e incendiar corpo em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Jovem foi preso em flagrante após matar mulher e incendiar corpo em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um jovem de 23 anos, apontado como autor do assassinato de uma mulher de 54 anos, em um assentamento de Ponta Porã, na região sul do estado, foi preso em ação conjunta das polícias civil e militar. O crime ocorreu nesse domingo (30) e ele foi preso após algumas horas. Na ocasião, o suspeito ainda incendiou o corpo da vítima na cama dela.

“Ele permanece aqui na delegacia e deve ser encaminhado para o presídio ainda hoje. O rapaz foi bem frio quando questionado sobre o crime, tanto que disse que estava muito embriagado e foi para casa dormir depois. A vítima saiu com ele na noite anterior ao crime, foram para duas festas e, em seguida, para a casa dela”, afirmou ao G1 o delegado Eduardo Ferreira, responsável pelas investigações.

Ainda conforme Ferreira, a vítima e o suspeito tiveram relação sexual. “O que consta no inquérito é que ela pediu para ele parar e o homem então deu um golpe fatal de mata leão nela. Na sequência, o acusado foi até o quintal da residência para retirar combustível da caminhonete. Como ele não conseguiu, voltou para casa e colocou fogo apenas no colchão”, explicou.

Informalmente, ainda conforme a polícia, o jovem teria confessado que agiu por vingança, já que a vítima teria reclamado do irmão dele. O caso foi registrado como homicídio qualificado por asfixia.

“Nós chegamos a apurar uma questão de vingança, já que a vítima teria reclamado pelo fato do irmão dele ter danificado um carro, há um tempo, porém, não procede. Nós também prendemos este irmão por porte ilegal de arma de fogo”, comentou.

Quarto de mulher que foi encontrada morta ficou destruído por conta do fogo, em Ponta Porã. — Foto: Site Porã NewsQuarto de mulher que foi encontrada morta ficou destruído por conta do fogo, em Ponta Porã. — Foto: Site Porã News

Quarto de mulher que foi encontrada morta ficou destruído por conta do fogo, em Ponta Porã. — Foto: Site Porã News

Entenda o caso

A mulher foi encontrada morta e queimada em cima da própria cama. De acordo com a polícia, a filha da vítima, de 17 anos, disse que a mãe teria levado um homem para a residência após sair sozinha, na noite anterior (30).

Segundo o delegado Eduardo, a caminhonete da vítima também teria sido incendiada pelo suspeito e ficou parcialmente destruída. A filha teria ouvido a mulher chegar com um acompanhante, mas não soube identificá-lo, apenas ouviu a mãe dizer ao homem que a casa era pequena, mas que ele era bem-vindo.

Conforme a polícia, a mulher teria saído por volta das 21h30 (horário de MS) e retornado por volta das 3h (de MS). A jovem, que estava com o namorado na residência, disse que por volta das 5 horas sentiu um cheiro de fumaça, quando foi ao quarto da mãe e a viu morta e pegando fogo. Na frente da casa, o veículo da vítima também teria sido incendiado. A polícia foi acionada.

Segundo o delegado, a filha também informou que antes da mãe ser morta, notou que ela teria mantido relação sexual com o suspeito.

Veículo da vítima também foi encontrado parcialmente incendiado em MS — Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoVeículo da vítima também foi encontrado parcialmente incendiado em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Veículo da vítima também foi encontrado parcialmente incendiado em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: