PMA de Coxim autua infrator por desmatamento de 365 hectares de vegetação nativa em Sonora

Correio do Pantanal

27 maio 2019 às 16:46 hs
PMA de Coxim autua infrator por desmatamento de 365 hectares de vegetação nativa em Sonora
Foto: Divulgação / PMA

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Coxim recebeu denúncias de exploração de madeira e queima de material em uma propriedade rural no município de Sonora e confirmou a denúncia.

Os trabalhos aconteceram na tarde deste domingo (26), quando os policiais verificaram na propriedade 90 esticadores e 700 estacas de madeira, bem como materiais lenhosos incendiados, tudo sem autorização ambiental.

O proprietário da fazenda de 72 anos afirmou não possuir documentação da madeira e nem para efetuar a queima no material lenhoso. A madeira foi apreendida.Os militares lançaram um drone sobre a área de pastagem no local da denúncia e, como o infrator não possuía nenhuma autorização de desmate, compararam imagens de satélites e verificaram que ele efetuara o desmatamento no ano de 2017, inclusive, efetuou queima de sobras à época, sem licença ambiental. A equipe mediu a área com uso de GPS e verificou 365 hectares destruídos. A madeira resultante da atividade ilegal não estava no local.

O infrator que reside em Coxim foi autuado administrativamente e multado em R$ 371.000,00 pelas infrações. O autuado também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

Além disso, foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Foto: Divulgação / PMA
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: