Operação da PF cumpre mais de 140 mandados judiciais no Acre e em mais 11 estados contra facções criminosas

Correio do Pantanal

20 out 2018 às 15:04 hs
Operação da PF cumpre mais de 140 mandados judiciais no Acre e em mais 11 estados contra facções criminosas

Por G1 AC — Rio Branco


Operação teve início nas primeiras horas da amnhã deste sábado (20) — Foto: PF-AC/Divulgação
Operação teve início nas primeiras horas da amnhã deste sábado (20) — Foto: PF-AC/Divulgação

A Polícia Federal do Acre (PF-AC) cumpre mais de 140 mandados judiciais no estado acreano e em mais 11 estados brasileiros contra facções criminosas. A Operação Dolos foi deflagrada neste sábado (20) e visa combater organizações criminosas e o tráfico de drogas.

Ao total, estão sendo cumpridas 146 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal do Acre, dentre as quais, 53 mandados de prisões temporárias, 22 mandados de prisões preventivas e 71 mandados de busca e apreensões, algumas delas realizadas no interior de presídios acreanos.

A ação é realizada com apoio do Batalhão de Operações Especiais do Acre e do Rio de Janeiro (Bope). Mais detalhes da operação devem ser repassados durante uma coletiva de imprensa na sede da Superintendência da PF-AC, em Rio Branco, neste sábado (20).

Ainda segundo a polícia, as investigações duraram cerca de dois anos e foram identificadas pessoas ligadas a três organizações criminosas espalhadas nos estados do país.

As investigações apontaram que houve uma movimentação de cerca de R$ 9 milhões, entre depósitos e retiradas de valores que seriam resultados de venda de drogas.

Agentes da Polícia Federal do Acre e Rio de Janeiro participam da ação  — Foto: PF-AC/Divulgação
Agentes da Polícia Federal do Acre e Rio de Janeiro participam da ação — Foto: PF-AC/Divulgação

Operação Dolos

O nome da operação, segundo a PF-AC, vem do Deus Dolos que representa engano, fraude e malícia. O nome buscou simbolizar o complexo sistema de lavagem de dinheiro operado pelas organizações criminosas investigadas, que possui uma rede de integrantes espalhada pelo país.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: