Número de mortos em enchente em parque na Itália sobe; buscas por desaparecidos continuam

Correio do Pantanal

21 ago 2018 às 09:12 hs
Número de mortos em enchente em parque na Itália sobe; buscas por desaparecidos continuam

As equipes de socorro conseguiram salvar 23 pessoas no Parque Nacional Pollino, na Calábria, no sul do país. Três pessoas seguem desaparecidas.


Por G1

Equipes de resgate são vistos no Desfiladeiro de Raganello, um popular local para caminhadas em Civita, uma aldeia na região italiana da Calábria, no sul do país, na segunda-feira (20)  (Foto: Kontrolab / AFP)

Equipes de resgate são vistos no Desfiladeiro de Raganello, um popular local para caminhadas em Civita, uma aldeia na região italiana da Calábria, no sul do país, na segunda-feira (20) (Foto: Kontrolab / AFP)

O número de mortos em uma enchente repentina no Parque Nacional Pollino, na Calábria, sul da Itália, subiu para 10. Três pessoas seguem desaparecidas nesta terça-feira (21), de acordo com a Defesa Civil regional.

Os dois grupos que participavam de uma excursão na região do rio Raganello na segunda-feira (20) foram surpreendidos pelo mau tempo. Eles vinham principalmente de três regiões: Brescia, Bergamo e Milão, de acordo com o jornal “La Repubblica”.

As equipes de socorro conseguiram salvar 23 pessoas – entre elas várias crianças.

Sete pessoas foram levadas para o hospital, como uma menina de 9 anos que estava com hipotermia e um holandês que teve uma fratura na bacia.

O chefe da Defesa Civil regional, Carlo Tansi, afirmou que, ao ser atingido pela água, o grupo foi lançado à distância. Algumas pessoas chegaram a carregadas pelas águas por até 3 km.

As equipes de resgate buscam por áreas mais altas por onde as pessoas poderiam ter escapado da correnteza.

O balanço de vítimas ainda pode aumentar, pois as autoridades não estão certas de que outras pessoas, que não faziam parte desses dois grupos, também estavam no local no momento da enchente.

Equipe de resgate trabalha no curso de água Raganello, no Parque Nacional Pollino, em Calábria, na Itália, na segunda-feira (20), após uma inundação repentina que matou ao menos oito pessoas (Foto: Francesco Capitaneo/ANSA via AP)
Equipe de resgate trabalha no curso de água Raganello, no Parque Nacional Pollino, em Calábria, na Itália, na segunda-feira (20), após uma inundação repentina que matou ao menos oito pessoas (Foto: Francesco Capitaneo/ANSA via AP)
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: