Nenhum sobrevivente em queda de avião na região de Moscovo

Correio do Pantanal

11 fev 2018 às 12:16 hs
Nenhum sobrevivente em queda de avião na região de Moscovo

Agência de notícias russa avança que aparelho se despenhou e que os 71 passageiros morreram

Um Antonov An-148 operado pela companhia Saratov Airlines desapareceu dos radares cerca de 10 minutos depois de ter levantado voo do aeroporto Domodedovo, em Moscovo, Rússia. A bordo seguiam 65 passageiros e seis tripulantes, que, segundo avança a agência noticiosa russa TASS, terão morrido na queda do aparelho.

De acordo com a mesma fonte, os destroços do avião foram encontrados a cerca de 40 quilómetros do aeroporto de Domodevo de Moscovo.

“Os destroços foram encontrados. Não há sobreviventes”, disse uma fonte à agência noticiosa russa TASS.

Anteriormente, fontes dos serviços de emergência indicaram que os restos do aparelho foram avistados e que equipas de socorro estavam a dirigir-se para o local.

A imprensa local avança que o aparelho ter-se-á despenhado perto da cidade de Argunovo, nos subúrbios da capital russa, citando fontes dos serviços de emergência e testemunhas locais que terão visto o avião cair.

Segundo a Interfax, o ministro dos Transportes russo está a considerar várias hipóteses para a queda do avião, nomeadamente mau tempo e erro humano.

O avião tinha como destino a cidade de Orsk, junto à fronteira com o Cazaquistão.

The speed and altitude graph for flight show a descent from 6200 feet to 3200 feet during the last minute before the ADS-B signal was lost about 20 km south-east of Domodedovo Airport.https://www.flightradar24.com/data/aircraft/ra-61704#106596d0 

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: