Ministro venezuelano na lista dos fugitivos mais procurados dos EUA

Correio do Pantanal

31 jul 2019 às 19:35 hs
Ministro venezuelano na lista dos fugitivos mais procurados dos EUA

Tareck El Aissam, atual ministro da Indústria e Produção Nacional e ex-vice-presidente de Nicolás Maduro, está na lista dos mais procurados dos serviços de fronteiras dos EUA. É procurado por “narcotráfico” e está numa lista que inclui suspeitos de homicídio ou de pertencer a gangues.

O atual ministro da Indústria Tareck El Aissami. © REUTERS/Maxim Shemetov

Susana Salvador

O ministro venezuelano da Indústria e Produção Nacional e antigo vice-presidente, Tareck El Aissami, foi esta quarta-feira incluído na lista dos fugitivos mais procurados pelos serviços de fronteira dos EUA.

“Viu este fugitivo? Ele é procurado por tráfico de droga internacional”, escreveu o ICE (sigla em inglês dos Serviços de Imigração e Fiscalização Aduaneira dos EUA) no Twitter.

#MostWantedWednesday Have you seen this #mostwanted #fugitive? He’s wanted for international narcotics trafficking. https://www.ice.gov/most-wanted/tareckZaidanElAissamiMaddah …

View image on Twitter

Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.SUBSCREVER

As autoridades norte-americanas lembram que, desde fevereiro de 2017, que El Aissami é considerado como um “narcotraficante” pelo Departamento do Tesouro, suspeito de desempenhar um papel significativo no tráfico de droga internacional.

Ex-ministro do Interior e da Justiça (2008 a 2012) de Hugo Chávez e governador do estado de Arágua (2012 a 2017), El Aissami foi nomeado vice-presidente por Nicolás Maduro em janeiro de 2017. Um cargo que ocupou até junho de 2018, quando foi nomeado ministro para a Indústria e Produção Nacional.

Segundo o ICE, “facilitou o envio de drogas da Venezuela”, através do controlo sobre aviões que saíam de uma base aérea do país e das rotas de tráfico que passavam por portos na Venezuela. “Nos seus cargos anteriores, ele supervisionou ou era parcialmente dono de carregamentos de mais de mil quilos de drogas da Venezuela em várias ocasiões, incluindo aqueles com destino final o México e os EUA”.

A lista dos mais procurados do ICE inclui ainda o seu “co-conspirador”, o também venezuelano Samark Jose Lopez, que terá “providenciado assistência material e financeira às atividades de narcotráfico” de Tareck El Aissami, mas também membros de gangues, suspeitos de homicídios e de tráfico humano.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: