Ministra de Bolsonaro ataca Gisele Bündchen: “É uma má brasileira”

Correio do Pantanal

15 jan 2019 às 07:29 hs
Ministra de Bolsonaro ataca Gisele Bündchen: “É uma má brasileira”

Tereza Cristina Dias diz que a modelo, embaixadora da ONU para o ambiente, não deveria “andar pelo mundo a criticar o Brasil”

A titular da pasta da agricultura, pecuária e abastecimento disse, em entrevista à rádio Jovem Pan, que o ativismo ambiental de Gisele Bündchen tem servido para denegrir a imagem do Brasil no exterior, convidando-a a tornar-se, isso sim, uma “embaixadora do património” natural brasileiro no mundo.

Confrontada com as críticas da modelo aos retrocessos na legislação ambiental brasileira e à atuação do governo na preservação da floresta, Tereza Dias disse que “é um absurdo o que fazem hoje com a imagem do Brasil”. “Infelizmente, são maus brasileiros”, apontou a ministra de Bolsonaro.

“Desculpe, Gisele Bündchen, você deveria ser nossa embaixadora e dizer que o seu país está na vanguarda do mundo na preservação, e não meter o pau no [criticar o] Brasil sem conhecimento de causa”, criticou a ministra da agricultura.

Recorde-se que já após a vitória eleitoral de Jair Bolsonaro a modelo brasileira criticou a proposta de fundir os ministérios do ambiente e da agricultura, o que não veio a verificar-se, catalogando a ideia como “potencialmente desastrosa”.

Já em 2017, Bündchen, que é embaixadora da boa vontade da ONU para a área do ambiente, confrontou o ex-presidente brasileiro Michel Temer devido a políticas que tinham como objetivo reduzir ou eliminar áreas protegidas na Amazónia, disponibilizando 600 mil hectares de floresta para exploração comercial.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: