Menino é morto por ter roubado “cupcake”

Correio do Pantanal

3 fev 2018 às 07:49 hs
Menino é morto por ter roubado “cupcake”

Kejuan Mason tinha três anos e foi espancado com um bastão de basebol

Duas irmãs foram acusadas de homicídio de uma criança de três anos, em Atlanta, alegadamente porque o menino roubou um “cupcake” da cozinha.

De acordo com as autoridades, citadas pela BBC, Kejuan Mason tirou o bolo quando estava em casa com Glenndria e Lashirley Morris, as duas irmãs, de 25 e 27 anos, que foram detidas esta quinta-feira.

De acordo com a acusação, Lashirley bateu na criança com um bastão de basebol enquanto a irmã Glenndria, e que era a tutora legal de Kejuan Mason, o espancava.

As duas irmãs contaram versões diferentes do crime ocorrido no passado dia 31 de outubro, alegando inicialmente que a criança teria morrido porque engolira o “cupcake”. No entanto, o relatório médico apontou como causa da morte as fortes pancadas na cabeça e no tronco que o menino terá sofrido.

Glenndria e Lashirley Morris podem ser condenadas a prisão perpétua.

Glenndria Morris ficou com a tutela de Kejuan, que tinha a alcunha de “King”, e do irmão gémeo Kerry, depois que pais das crianças terem perdido a custódia por não terem um lugar para viver. Segundo a Fox 5, os pais estavam a tentar recuperar os filhos.

“Ela era era minha amiga, conheci-a há muito tempo, fazia parte das nossas vidas vidas”, desabafou Geraldine Mason a mãe do menino, que revelou não ter acreditado quando as irmãs lhe disseram que Kejuan tinha morrido engasgado com o “cupcake”.

Segundo o Atlanta Journal-Constitution, a progenitora terá pedido a um juiz para retirar o filho da casa de Glenndria Morris, quando percebeu que o menino tinha arranhões e hematomas. O pedido terá sido negado três dias antes da morte trágica de Kejuan.

No início desta semana, a família reuniu-se num parque em Washington, numa homenagem ao menino. A família garante que não vai descansar enquanto não for feita justiça. Entretanto, criou uma conta online para ajudar a pagar as despesas de funeral de Kejuan Mason.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: